Início / Arquivos de tag:

Arquivos de tag:

Depois do prefeito Juninho, chegou a vez dos vereadores serem confrontados junto à opinião pública de Prados

Da Redação

Passados alguns meses depois de termos lançado ao ar a enquete como você avalia a administração do prefeito Juninho do Lester?, que conta hoje com mais de 536 visualizações e 104 participações diretas (votantes), a Redação deste blogue decidiu por à prova a quantas andam os índices de aprovação e/ou rejeição dos atuais nove vereadores que compõem o Legislativo pradense.

Um ensaio para estas avaliações foi lançado em 18 de junho deste ano, através da enquete como você avalia o mandato dos vereadores de sua cidade? que, embora com participação de apenas 24 votantes, parece dar indicativo de que a população não anda lá muito satisfeita com a atuação de seus representantes na Câmara.

Para entender melhor, gravamos duas enquetes de caráter comum, na qual constam o nome de todos os vereadores, dispostos em ordem alfabética, sendo que em uma a pergunta é sobre quem o eleitor acha ser o MELHOR vereador dentre os nove (veja e vote aqui), enquanto que a segunda, busca conhecer quem seria o PIOR vereador no entendimento da população (confira aqui).

Depois todos os nove vereadores são colocados em desfile de enquetes individuais (veja relação abaixo), onde se pergunta sobre a avaliação do vereador (ou vereadora), indicando cinco opções, desde EXCELENTE, BOM, MÉDIO, RUIM até PÉSSIMO.

Após coletados os votos, pelo menos uma vez a cada mês será publicada a apuração parcial, com o desenho geral e individual através de uma tabulação que permitirá não só aos eleitores “enxergar” como anda a aceitação (ou rejeição) deste ou daquele vereador, como também permitirá ao próprio vereador (ou vereadora) promover ações que melhorem sua performance junto ao eleitorado, principalmente considerando que em janeiro entramos em ano eleitoral, e é de se presumir que todos os atuais vereadores estejam investindo seus melhores anseios em seus respectivos projetos rumo à reeleição do mandato.

Para votar é preciso acessar os links abaixo, lembrando que o sistema permite apenas um voto por computador ou celular. Um “cookie” é gravado com o IP da máquina ou celular de onde partiu o voto para garantir mais credibilidade às enquetes. Ainda assim, é preciso reiterar que as enquetes não têm valor científico, uma vez que não são pesquisas. Também lembramos que as enquetes têm caráter legal uma vez que busca coletar a opinião popular sobre homens públicos e mulheres públicas.

Segue a lista das enquetes:

Prefeito Juninho decreta estado de emergência em Prados para assegurar abastecimento de água potável para o Bichinho

Prefeito Juninho anuncia mutirão oftalmológico para Prados. Serão 490 exames gratuitos. Aproveite!

Em nome do povo de Prados, prefeito Juninho homenageia Padre Dirceu: “O senhor faz parte de nossa história!”

Em visita ao Orozimbo, prefeito Juninho põe a mão nas ferramentas e promove conserto de mata-burro

Da Redação

Em pleno sábado quando o cidadão pradense ou está em seu comércio, ou está descansando da jornada da semana, o prefeito Juninho do Lester mostra que para ele não tem sábado, nem domingo quando o assunto é resolver o problema das comunidades, notadamente as mais afastadas, já na zona rural.

É o que mostram as fotos. Juninho (como gosta de ser chamado o prefeito de Prados), de pá em punho, dá o exemplo que todo verdadeiro líder tem que dar. Convocada, a equipe de reparos em estradas, pontes, mata-burros e encostas da Secretaria de Obras e Serviços Públicos da prefeitura, se fez presente, sempre sob o comando o secretário Anderson Carvalho de Souza (Pernalonga), e não precisou muito para que o reparo estivesse pronto, trazendo um pouco mais de conforto para os pradenses do Orozimbo.

Vereador Vagner Pôssa: “Nunca as estradas da zona rural estiveram tão boas quanto agora”.

Revitalização geral

Embora criticado pela “oposição” que sempre se faz presente, basta se aproximarem as campanhas eleitorais, o fato é que o popular Pernalonga não para um só minuto. “É uma quase ‘onipresença’”, diz um dos entusiasmados defensores da administração comandada por Juninho do Leste, fazendo referência ao fato de que pelos quatro cantos da cidade, onde uma estrada precisa de reparo, ali está o mais que eficiente secretário de Obras e Serviços Públicos da prefeitura de Prados.

O reflexo deste trabalho eficiente está nas palavras do vereador Vagner Pôssa Silva (PSDB) que chegou a atestar que “nunca, em 50 anos – talvez em 100 anos – as estradas da zona rural de Prados estiveram tão boas para se transitar quanto agora”. As palavras do segundo secretário do Legislativo pradense foram anotadas na sessão do último dia 12 de março fazendo contraponto às críticas de colegas que insistiam em “bater” nos trabalhos deste tão importante setor da administração pública municipal.

Para o secretário Pernalonga, “enquanto a oposição faz críticas, a gente trabalha”, mostrando que vem fazendo jus à confiança e responsabilidade que o prefeito Juninho do Lester lhe outorgou.

“Pode até parar tudo no município; só não pode parar a Saúde”, diz prefeito Juninho à sua equipe

Rildo: “Atendimento à Saúde é a prioridade para o prefeito Juninho”

Da Redação

Como não é diferente com nove entre 10 prefeitos do Brasil, Lester Rezende Dantas Junior, prefeito de Prados, na região do Campo das Vertentes das Minas Gerais, enfrenta uma luta titânica para administrar o município, buscando não faltar com a confiança que quase 60% do eleitorado lhe concedeu nas eleições de 2016. A razão? A crise instalada pelos quatro cantos do Brasil, e que agora parecer ter origem e causa já decantada a quatro ventos, como sendo os desastrosos governos comandados pelo Partido dos Trabalhadores (PT), no Brasil, em Minas Gerais e – também e infelizmente – na pequenina Prados.

Juninho do Lester, como é carinhosamente conhecido em Prados, é um homem simples, do campo, mas que buscou na formação superior seguir a carreira do pai, que também é contador como ele. Probo, justo em suas decisões, e de bons costumes nas ações que leva a efeito enquanto administrador público, Juninho sabia estar preparado para o desafio que enfrenta com coragem e destreza deste quando assumiu a prefeitura em janeiro de 2017.

Equipe acertada

Ao chegar em seu terceiro ano de mandato, o que coincide com o ano pré-eleitoral de 2020, é previsível que os descontentes sempre apareçam com aquelas comparações desconcertantes, como se fosse possível esquecer os mandatos anteriores que pareciam mesmo levar a cidade e o município para um grotão sem fundo. Mas Juninho parece não se importar. Para ele parece mesmo que o que vale é que a administração está andando, e que sua equipe de governo de primeiro escalão cumpre bem os papéis para o quais foram convocados.

Para um analista da política local, cabe ao administrador público saber mandar. “O prefeito não precisa estar em todos os lugares ao mesmo tempo, mas seus secretários sim têm esse dever”, lembra. Para o mesmo analista, “quem vê a cidade sendo ‘rasgada’ de ponta a ponta pelas máquinas, o calçamento chegando onde ontem era apenas mato e lama, a Educação e Saúde recebendo grau de satisfação máximo pela família pradense não pode, sem parecer injusto, criticar o prefeito”, diz.

Saúde é o que interessa

A Saúde parece ser um espelho significativo do sucesso da Administração Juninho do Lester em Prados. Se comparado com municípios da região, onde há relatos de falta de insumos e remédios, Prados pode comemorar, pois não falta remédio na farmácia da prefeitura, e não há registro de falta de gêneros como seringas, agulhas, equipos, máscaras, luvas e outros nas unidades de saúde do município.

Não menos diferente que nas outras secretarias, a administração da Secretaria de Saúde do município está a cargo de um homem competente, mas sobretudo humano. Rildo Costa foi convocado pelo prefeito para essa árdua tarefa, e a vem cumprindo de modo a receber elogios por onde passa. Para Rildo não há segredo nisso. Modesto, ele dá a receita: “Eu simplesmente abri as portas da Secretaria, e recebo todos do mesmo jeito aqui”. E ele está certo, já que o povo gosta mesmo é de sentir que as pessoas estão mesmo interessadas em ajudar na solução de seus problemas. Mas Rildo não é daqueles que simplesmente recebem as pessoas para dar uma “palavra de consolo”, ou, como se diz no jargão popular, para “enrolar”. Não! Antes pelo contrário, ele está ciente de que foi lhe atribuída uma confiança pelo prefeito Juninho, e não pode faltar com ela, que é a de resolver os problemas, numa tentativa quase sagrada de minorar o sofrimento de quem precisa de socorro para seus problemas de saúde.

Quando indagado sobre o mérito de seu sucesso à frente da Secretaria de Saúde, Rildo Costa faz questão de enfatizar que o crédito é do prefeito. “Juninho sabia que eu tenho bastante conhecimento e muitos amigos na direção dos hospitais regionais, e também com deputados e outros agentes da área em Belo Horizonte e em Brasília; por isso me convocou, e eu, mesmo sabendo das dificuldades que iria enfrentar, aceitei o desafio que, graças ao bom Deus, tem dado certo”, enfatiza.

Perguntando como ele se ajeita com as constantes falta de verbas, mais uma vez ele atribui mérito ao prefeito Juninho: “O prefeito, desde que assumiu, fez questão de lembrar que, em razão da crise, pode faltar qualquer coisa em qualquer lugar, menos na Saúde; e, graças a essa sensibilidade do prefeito temos conseguido atender a demanda do município”.

A dívida do governo estadual de Minas para com os 853 municípios mineiros ultrapassa a casa dos R$ 10 bilhões. Só para a Saúde da cidade de Prados o governo petista de Fernando Pimentel ficou devendo quase R$ 4 milhões. Só em 2017 foram exatos R$ 2.040.726,54, que, somados ao R$ 1.762.651,55 de 2018, somam R$ 3.803.378,09. A ausência desse dinheiro tem obrigado o prefeito Juninho a remanejar verbas, sempre a partir de recursos próprios da municipalidade.