Arquivos de tag:

Cientistas descobriram que a Hidroxicloroquina pode aumentar em 200% as taxas de sobrevivência de Covid-19

Do Portal Jetss

Um novo e importante estudo conduzido pela equipe de cientistas do centro médico Saint Barnabas Medical Center de New Jersey – EUA, foi recentemente publicado no site médico medRxiv.

O estudo sugere que pacientes gravemente doentes podem ser ajudados em sua batalha contra Covid-19, com uma alta dose de Hidroxicloroquina e Zinco.

Os cientistas descobriram que, quando pacientes de uma versão grave de Covid-19 receberam altas doses de Hidroxicloroquina com zinco, suas taxas de sobrevivência aumentaram dramaticamente, segundo reportou o Mail Online.

Da mesma forma que o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, o ex-presidente Donald Trump já havia anteriormente apontado a Hidroxicloroquina como um potencial tratamento milagroso, mas alguns cientistas insistiam que ele estava errado.

Ainda assim, nesta quarta-feira (10), os aliados de Trump destacaram o estudo conduzido pelos cientistas, e, aproveitaram o importante relatório para declarar que ele estava correto.

O estudo realizado pelo Saint Barnabas Medical Center com 255 pacientes contaminados de Covid-19, concluiu que a Hidroxicloroquina é eficaz. Quando usado em altas doses e com zinco, o medicamento aumentou as taxas de sobrevida, sendo útil em casos graves de Covid-19.

Um número crescente de estudos está sugerindo que a droga pode ser útil.

Aprenda a ganhar dinheiro de uma forma bem simples

Se você está vendo estes anúncios acima, outras pessoas poderão ver o seu anúncio também! Anuncie agora! Ganhe banners rodando 24 horas por dia por um investimento muito baixo mesmo! Anuncie já! Clique aqui e contrate seus banners agora.

Conheça as propostas do candidato Luiz Mauricio à Prefeitura de Peruíbe, SP

Por Liliane Souza, do G1 Santos e Região

Ampliação e reforma de escolas, conclusão das obras do Hospital Municipal, implementação de um programa para atrair investidores para a cidade e pavimentação de 100 ruas em bairros carentes de infraestrutura estão entre as propostas do candidato à Prefeitura de Peruíbe, no litoral de São Paulo, Luiz Mauricio (PSDB).

Luiz Mauricio é o atual prefeito da cidade e tem 41 anos; seu número nas urnas é o 45. Em entrevista ao G1, ele destaca alguns pontos de seu plano de governo. “A gente vai inaugurar a maternidade nos próximos dias, ainda este ano. E a gente tem, para os próximos quatro anos, o grande desafio de terminar as obras do nosso hospital”, afirma o candidato.

G1 Santos está produzindo uma série de entrevistas com os candidatos a prefeito das cidades da Baixada Santista. Os prefeituráveis de Peruíbe responderam a dez questões sobre temas diversos e todos tiveram o mesmo tempo de resposta. Para acompanhar toda a cobertura, basta acessar a página especial.

Confira a entrevista completa:

Qual sua principal proposta no que diz respeito à área da saúde? Como planeja executá-la?

A gente avançou muito nesses últimos quatro anos na área da saúde, reestruturando a Atenção Básica, contratando agentes comunitários de saúde, enfermeiros e médicos, e fazendo uma reestruturação da política de saúde da mulher. A gente conseguiu diminuir o índice de mortalidade infantil de 17% para 9%, um dos melhores índices da região, e temos feito um planejamento de avançar e ir melhorando a cada dia as ações na área da saúde. A gente vai inaugurar a maternidade nos próximos dias, ainda este ano. E a gente tem, para os próximos quatro anos, o grande desafio de terminar as obras do nosso hospital, os recursos já foram liberados pelo Governo do Estado. E, também, construir uma nova sede do AMFFITO [Ambulatório de Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional] e do CEO [Centro de Especialidades Odontológicas].

Quais serão suas prioridades na área da educação, caso seja reeleito?

Também fizemos investimentos nos últimos quatro anos, com a reforma de dez escolas, com uma maior organização de toda a pasta. A gente pretende, nos próximos quatro anos, além de uma reforma do estatuto do profissional da educação e do plano de carreira do profissional da educação, a reforma e ampliação de mais 15 escolas. A entrega do primeiro Centro de Educação Integral do município, a gente tem isso como uma referência, vai ser lá no parque da cidade. A gente tem melhorado os índices do Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica], isso mostra que as ações que estão sendo feitas têm surtido efeitos.

O que está previsto para a área da cultura?

Dar prosseguimento aos projetos que já iniciamos. O Arte para Todos é um dos projetos que têm se destacado. Ele envolve mil pessoas, e a ideia é que a gente possa ampliar esse programa no município. Já temos, também, o credenciamento dos artistas locais, isso já é uma realidade, a prefeitura contratando esses artistas, para que façam apresentações nos eventos e, também, nas ações que a prefeitura promover. A gente já inaugurou a nova biblioteca, e vamos colocar em funcionamento – só não está aberta em razão da pandemia. O projeto Natal na Praia faz parte da área da cultura e do turismo. A ideia é que a gente possa manter esse projeto nos próximos anos. A gente quer cada vez mais fomentar a cultura nos bairros.

Quais medidas devem ser implementadas para contribuir com a diminuição dos índices de criminalidade?

A prefeitura tem feito uma gestão muito próxima com a Polícia Civil e com a Polícia Militar, por meio da implantação de forças-tarefas, e isso já tem surtido efeito no município. Fizemos uma reestruturação da Guarda Municipal, com novo plano de carreira e estatuto da guarda, aquisição de uniformes e de novas viaturas. Foram cinco adquiridas nesses últimos anos. A gente tem o sistema de monitoramento, que é um dos mais modernos da região, hoje com cerco eletrônico e câmeras OCR [que fazem a leitura de placas de veículos] nas entradas e saídas da cidade. E a Atividade Delegada, já foi assinado o convênio e estamos aguardando o estado devolver o convênio, para que a gente possa implementar. Essas ações vão se fortalecer nos próximos anos.

Quais ações estão previstas para contribuir com a preservação do meio ambiente?

A gente pretende continuar as ações de fiscalização que a gente tem promovido por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura, que, aliás, foi criada nessa gestão, além das políticas de educação ambiental. A gente tem promovido ações na rede municipal de ensino, por meio de orientações aos nossos alunos. Também vamos fazer com que os nossos alunos possam conhecer esses espaços na cidade. Além disso, uma gestão muito próxima com a Fundação Florestal, do Governo do Estado. A gente tem no nosso entorno parques estaduais e a própria Estação Ecológica da Juréia. Fazendo com que essa gestão fique próxima, a gente consegue organizar todas essas ações, e fazer com que as políticas de meio ambiente sejam cada vez mais fortalecidas na cidade.

O que deve ser feito para estimular a geração de emprego?

A gente tem um programa ousado para os próximos anos, que é o Peruíbe Negócios. Esse programa prevê atrair a iniciativa privada, os investidores para o município, por meio de uma reforma do código tributário do município, para que a gente possa dar incentivos no município a todos os empreendedores, empresários, comerciantes, enfim, investidores que pretendem se instalar ou que já estão instalados na cidade. Além disso, uma revisão dos códigos do Plano Diretor, para que a gente possa incentivar a construção civil dentro de regras pré-estabelecidas, e potencializar cada vez mais o turismo. A cidade tem uma vocação turística, e com incentivos e parcerias com a iniciativa privada, a gente faz com que isso contribua para a economia e a geração de emprego na cidade.

Conheça as propostas do candidato Kaio Lima à Prefeitura de Peruíbe, SP

Conheça as propostas do candidato Gilberto Giba à Prefeitura de Peruíbe, SP

Conheça as propostas do candidato Emer à Prefeitura de Peruíbe, SP

Por Liliane Souza, do G1 Santos e Região

Incentivo à instalação de indústrias não poluentes, realização de mutirões para construção de moradias populares, reforma das escolas municipais, ampliação da educação inclusiva e criação de uma Central de Ambulâncias para atender os munícipes estão entre as propostas do candidato à Prefeitura de Peruíbe, no litoral de São Paulo, Emer (DC).

Emer é empresário e tem 47 anos; seu número nas urnas é o 27. Em entrevista ao G1, ele destaca alguns pontos de seu plano de governo. “Eu vou montar dois terminais na cidade, um na Estação e outro no Bairro dos Prados. É terminal de baldeação. O ônibus circula no bairro e ele para no terminal. Do terminal, a pessoa, com a mesma passagem, vai para outro local”, afirma o candidato.

G1 Santos está produzindo uma série de entrevistas com os candidatos a prefeito das cidades da Baixada Santista. Os prefeituráveis de Peruíbe responderam a dez questões sobre temas diversos e todos tiveram o mesmo tempo de resposta. Para acompanhar toda a cobertura basta acessar a página especial.

Confira a entrevista completa:

Qual sua principal proposta no que diz respeito à área da saúde? Como planeja executá-la?

A minha proposta para a saúde é terminar a maternidade e entregá-la com qualidade. Terminar o hospital, que tem R$ 18 milhões liberados pelo Governo do Estado para podermos concluí-lo, o que até agora não foi feito. Fazer uma parceria com o governo estadual, federal ou privada para poder tocar esse hospital. Colocarmos ambulância pela prefeitura, uma Central de Ambulâncias, para atender os munícipes. Pegar as ambulâncias que estão largadas no nosso pátio para reformar e depois colocá-las para atender a população. E, não deixarmos a saúde sucateada, reformando todos os postinhos de saúde e colocando uma UPA [Unidade de Pronto Atendimento] no Caraguava e uma no Guilhermina para poder atender a população.

Quais serão suas prioridades na área da educação, caso seja eleito?

Reformar todas as escolas, dando melhor qualidade para os estudantes e profissionais. Melhorar a merenda, uniformizar todas as crianças, dar cursos para os professores, para que possam se aperfeiçoar cada vez mais, e aumentar a inclusão nas escolas, dando melhores condições para as crianças que precisam de um atendimento especial.

O que está previsto para a área da cultura?

Vamos montar o teatro municipal, fazer parceria com os músicos locais, fazer shows na cidade, levando caravanas para os bairros. Vamos colocar a Banda Municipal para funcionar novamente para a gente poder competir, igual ela competia antigamente. E, vamos levar a banda junto às escolas para podermos ter uma cultura tanto nos bairros como no centro da cidade, para dar uma igualdade a todos os estudantes que querem participar dessa área, que hoje é restrita a poucas pessoas.

Quais medidas devem ser implementadas para contribuir com a diminuição dos índices de criminalidade?

Vamos legalizar a Guarda Municipal, trazendo cursos para eles poderem andar armados, com todos os equipamentos necessários. Vamos implantar a Atividade Delegada na cidade, junto com o Governo do Estado. Assim, a gente vai dar melhor qualidade de segurança para a população, aumentando o efetivo. Vamos colocar câmeras de monitoramento na cidade, que funcionem adequadamente, para poder atender a população e a demanda de segurança no nosso município.

Peruíbe tem 15 candidatos a vereadores com registros de candidaturas indeferidos pela Justiça Eleitoral

Da Redação

Dos 323 candidatos que pleiteiam uma das 15 vagas na Câmara Municipal nas eleições deste domingo próximo, 15, pelo menos 15 foram considerados inaptos a participarem do certame. Embora destes, 10 tenham entrado com recurso no Tribunal Regional Eleitoral para se defenderem da decisão do Juízo de 1º Instância, é bem provável que somente 305 terão tranquilidade e nenhuma dificuldade em mostrar transparência ao eleitorado; afinal, nada devem à Justiça, razão porque seus pedidos não foram contestados pelo Ministério Público Eleitoral com aconteceu com os demais 15.

O número de 305 candidatos aptos a se apresentarem como candidatos nas urnas é o resultado de 323 que requereram o registro, menos cinco (5) que tiveram seus pedidos indeferidos sem chance de recurso, descontados 10 que entraram com recurso no TRE, e três que renunciaram antes mesmo da campanha começar, a saber:

  • André da Silva Correia (André Perninha), do PTB;
  • Francisco Soares Cassiano de Souza (Chicão do Esporte), do PODE; e
  • Osvaldo Carlino de Carvalho (Carlinhos Mascate), do DEM.

Os motivos que levaram os candidatos a terem seus pedidos de registro de candidatura negados pela Justiça Eleitoral são os mais diversos, desde apontamentos criminais com condenações em suas fichas corridas, até por não terem respeitado o prazo de desincompatibilização enquanto exerciam cargos públicos, direta ou indiretamente; alguns ainda por não terem apresentado a documentação exigida no devido tempo.

Os cinco candidatos que foram considerados inaptos, e que não entraram com recurso ou perderam o prazo para pleitear suas defesas, são:

  • Alzira Pereira Nascimento (Alzira), do PSC;
  • Antonio Carlos Bianchi da Silva (Dr. Bianchi), do PROS;
  • Jorge Luiz de Souza Azevedo (Jorge Azevedo), do PT;
  • Renan Souza dos Santos (Pastor Renan Souza), do PSC; e
  • Sandro Roberto Cassola (Sandro Táxi), do PTB.

Indeferidos, com recurso

São, portanto, 10 aqueles que pleitearam o registro de candidatura, mas que sofreram representação por parte do Ministério Público Eleitoral, representações estas que foram acatadas pelo Juízo Eleitoral da Comarca de Peruíbe; mas que estão buscando revisão dos indeferimentos junto aos desembargadores do Tribunal Regional Eleitoral em São Paulo.

Em ordem alfabética, são estes:

  • Antonio Carlos da Silva Rodrigues (Pastor Antonio), do PCdoB;
  • Artur Amorelli (Artur do Som), do REPUBLICANOS;
  • Bruno Chehade Pereira (Dr. Bruno Médico), do PSDB;
  • Cícero Rodrigues da Silva (Cícero Corretor), do DC;
  • Eduardo Martins Teles de Aguiar (Eduardo Teles), do MDB;
  • Keidy Regina Lima (Keidy Lima), do PCdoB;
  • Michael Willian França Alves (Rato Vila Erminda); do PCdoB;
  • Rafael Pittarelli de Souza (Rafael Pittarelli), do REPUBLICANOS;
  • Sidney Marcos Aggio (SID SOM), do PCdoB; e
  • Wendel Oliveira Santos (Wendel do Celular), do PCdoB.

Ficha limpa

A recomendação para o voto neste domingo segue a premissa de que obrigatoriamente o candidato tem que ter ficha limpa, nada devendo para a Justiça, ainda que seja só satisfação, independentemente de o candidato ser feio ou bonito, moço ou velho, homem ou mulher (ou mesmo LGBT), católico, espírita ou evangélico.

Embora o indeferimento em si do pedido de registro das candidaturas não indique que o candidato tenha pendências junto à Justiça (seja eleitoral ou comum), a considerar o grande número de candidatos que saíram na frente (sem problema algum), é de se sugerir que o eleitorado de Peruíbe vá buscando logo um nome dentre os 305 preliminarmente “deferidos” para votar.

Só faltam três dias!

Conheça as propostas do candidato Edson Mühlmann à Prefeitura de Peruíbe, SP

Por Liliane Souza, do G1 Santos e Região

Construção de hospital municipal e maternidade, abertura de escolas aos finais de semana, criação de um parque industrial com doação de terreno para indústrias não poluentes, desassoreamento dos rios e instalação de mirantes estão entre as propostas do candidato à Prefeitura de Peruíbe, no litoral de São Paulo, Edson Mühlmann (REDE).

Edson Mühlmann é aposentado e tem 71 anos; seu número nas urnas é o 18. Em entrevista ao G1, ele destaca alguns pontos de seu plano de governo. “Na área da habitação, a gente tem que fazer um estudo com os governos estadual e federal para arrumar verba para poder oferecer moradias a baixo custo”, afirma o candidato.

G1 Santos está produzindo uma série de entrevistas com os candidatos a prefeito das cidades da Baixada Santista. Os prefeituráveis de Peruíbe responderam a dez questões sobre temas diversos e todos tiveram o mesmo tempo de resposta. Para acompanhar toda a cobertura basta acessar a página especial.

Confira a entrevista completa:

Qual sua principal proposta no que diz respeito à área da saúde? Como planeja executá-la?

Vou declarar de utilidade pública o Hotel Glória, que é um hotel do Estado que está fechado há 35 anos. Vou fazer o hospital e maternidade ali, que dá de 500 a 600 leitos. Inclusive, tem heliporto em cima, que a gente pode colocar helicóptero e atender as emergências. Peruíbe depende tudo de fora. Até Itariri, que é pequena, tem pessoas que vão ter atendidas lá porque aqui não temos. Só temos uma UPA [Unidade de Pronto Atendimento] e uma unidade de pronto-socorro.

Quais serão suas prioridades na área da educação, caso seja eleito?

Tenho conversado com meu secretário, que é diretor de escola estadual. Tenho falado com ele que a gente precisa dar uma ênfase na educação. Fizeram uma lei baixando o nível de educação, isso atingiu todo o Brasil e hoje nós temos uma dificuldade nessa área. Melhorar a escola e integrar os pais dos alunos com os professores. Temos um problema que, às vezes, o professor corrige o aluno e os pais, ao invés de conversar, ficam contra o professor e, às vezes, dá força para o filho ser malcriado. Tem que haver um entendimento entre pais e mestres para solucionar esse problema. Trocar ideias e os pais participarem da escola. E, as escolas vão continuar pintadas de branco e azul. Normalmente quando muda o prefeito, muda tudo. No nosso caso, não. Vamos fazer o que é necessário. Não vamos gastar tintas desnecessariamente. Se tiver que homenagear escolas, vamos homenagear o Gilson [Gilson Bargieri, prefeito de Peruíbe entre 2001 e 2004], que sempre pintou de azul e branco. E, vamos terminar todas as obras iniciadas. É isso o que queremos, um povo educado.

O que está previsto para a área da cultura?

Eu me reuni com o pessoal da Associação Comercial e com os hoteleiros. Pedi para eles indicarem quem será o secretário da área. Eles acharam interessante porque é um sonho deles. Eles, inclusive, gostariam de pôr votação na cidade, para a cidade escolher o secretário. Mas, nesse primeiro passo, eu pedi para eles se reunirem e escolherem e, eu vou gerenciá-los. Vamos mexer tudo o que for preciso na área de cultura, esporte e turismo. Em Peruíbe, na parte de turismo, temos o segundo melhor ar do mundo. E, com o hospital, nós teremos muitos aposentados morando aqui. Teremos um embalo em tudo isso aí.

Quais medidas devem ser implementadas para contribuir com a diminuição dos índices de criminalidade?

Nessa área tem que fazer um estudo da Guarda Municipal para saber se vai armá-los, porque também não adianta ter uma polícia só para parecer bonito. Os caras não têm armas, ninguém respeita. Nessa área, precisa de um estudo para ver como vamos resolver.

Quais ações estão previstas para contribuir com a preservação do meio ambiente?

Eu tenho um secretário de meio ambiente. Ele cursou meio ambiente no Japão e esteve no Acre, com o Chico Mendes. Ele conhece tudo de ecologia. Dizem que a estrada do Una não tem que pavimentar, mas, tem que pavimentar, colocar pavimentação rústica, fazer um negócio que condiz com a natureza. Quando chove, toda a areia vai para o rio e, aí assoreia o rio, o peixe não sobe para desovar. Está faltando peixe. Pescador esportivo fica um dia e não pega nada de peixe. A gente também tem a estrada do Guaraú, onde precisa fazer um acostamento.

O que deve ser feito para estimular a geração de emprego?

Fiquei sabendo que o Gilson tinha declarado uma área para indústrias. Vou verificar isso. Se já existe essa área, vamos oferecer terreno de graça para trazer empresas que não poluam e, claro, vamos exigir equipamentos, como filtro de ar e de água, para Peruíbe ser uma cidade modelo nessa área.

Conheça as propostas do candidato Cabo Anderson Proerd à Prefeitura de Peruíbe, SP

Por Liliane Souza, Do G1 Santos e Região

Ampliar a contratação de médicos especialistas, criar leis municipais para beneficiar os artistas locais, implementar a coleta seletiva para materiais recicláveis e regularizar a licença para uso da lama negra estão entre as propostas do candidato à Prefeitura de Peruíbe, no litoral de São Paulo, Cabo Anderson Proerd (Patriota).

Cabo Anderson é policial militar e tem 45 anos; seu número nas urnas é o 51. Em entrevista ao G1, ele destaca alguns pontos de seu plano de governo. “Temos que revitalizar os pontos turísticos da cidade, fazer com que eles sejam conhecidos. Através disso, vamos poder fomentar o comércio, fazendo parcerias com hotéis e restaurantes”, afirma o candidato.

G1 Santos está produzindo uma série de entrevistas com os candidatos a prefeito das cidades da Baixada Santista. Os prefeituráveis de Peruíbe responderam a dez questões sobre temas diversos e todos tiveram o mesmo tempo de resposta. Para acompanhar toda a cobertura basta acessar a página especial.

Confira a entrevista completa:

Qual sua principal proposta no que diz respeito à área da saúde? Como planeja executá-la?

A minha principal proposta é a conclusão do nosso hospital, da maternidade, nosso banco de sangue, que não temos, e a sala de pequenas cirurgias que precisamos ter. Temos que reestruturar todas as nossas UBS [Unidades Básicas de Saúde]. Também vamos buscar, com a iniciativa privada, essa parceria. Já estamos em conversa com uma empresa de grande porte da região para assinar essa parceria público-privada. Também vamos ter que renovar todos os equipamentos das nossas UBSs [Unidades Básicas de Saúde], da nossa UPA [Unidade de Pronto Atendimento] e do nosso AME [Ambulatório Médico de Especialidades]. E, vamos ampliar a contratação de médicos especialistas que nós não temos na cidade.

Quais serão suas prioridades na área da educação, caso seja eleito?

Nossa prioridade número um é dar fiel cumprimento ao Plano Nacional de Educação. Também vamos criar um programa de apoio ao professor. Apoio psicológico, questão de estrutura para os nossos professores. Dar uma assistência para eles porque hoje eles não têm isso. Também vamos valorizar permanentemente os nossos profissionais da educação, que não são valorizados. Vamos, também, ampliar a oferta de vagas nas creches e nas pré-escolas. Também vamos priorizar a qualidade e variedade dos nossos alimentos da merenda escolar. E, temos que providenciar reformas emergenciais nas estruturas escolares, que estão muito deterioradas.

O que está previsto para a área da cultura?

A primeira coisa que vamos fazer é a preservação e a revitalização dos patrimônios históricos e culturais. Nós temos uma das primeiras igrejas do Brasil, que são as Ruínas do Abarebebê. Hoje, esse local está inviável, não tem como fazer turismo nesse local. Vamos criar leis municipais para beneficiar os artistas da nossa cidade e vamos estimular atividades como dança, música, pintura, artesanato, literatura e teatro, que não temos. Vamos incentivar essas atividades. Também vamos ter que fazer ações integradas em parceria com a iniciativa privada para podermos fomentar a cultura.

Quais medidas devem ser implementadas para contribuir com a diminuição dos índices de criminalidade?

Vamos ter que treinar, capacitar, equipar e armar a nossa guarda. Também vamos aprimorar a tecnologia de equipamentos de segurança. Vamos ampliar o monitoramento por câmeras e, até mesmo via drones, para promovermos ações conjuntas com a Polícia Militar, Polícia Civil, Conselho Tutelar e Ministério Público, para termos uma Força Tarefa para combater a desordem pública, que são os pancadões. E, também, dar oportunidade e um local apropriado para os nossos jovens poderem se divertir, através da cultura, do esporte e do lazer, que hoje não tem.

Quais ações estão previstas para contribuir com a preservação do meio ambiente?

Temos que conscientizar e preservar o nosso meio ambiente na nossa educação, no turismo, na saúde e até mesmo na nossa Secretaria de Obras. Tem que haver conscientização e preservação em todas as secretarias. Vamos, também, implantar e desenvolver o Programa de Coleta Seletiva, que hoje não existe na nossa cidade, e é de suma importância para que tenhamos uma cidade sustentável, limpa, que contribua com o meio ambiente. Também vamos regularizar a licença para uso da lama negra, porque nossa lama negra não está viabilizada por conta de problemas. E, vamos incentivar a produção agrícola familiar local dos nossos munícipes da zona rural.

O que deve ser feito para estimular a geração de emprego?

Primeiro, temos que fomentar o comércio local. Dependemos dos nossos comerciantes locais. Como vamos fazer isso? Em parceria com o turismo. Vamos também revitalizar os pontos turísticos da nossa cidade, que hoje estão completamente abandonados. Mirante não temos. Tudo isso vamos ter que rever. Também vamos criar a frente de trabalho. Temos que ter a frente de trabalho para podermos ajudar os nossos munícipes. E, incentivar as empresas e indústrias para instalação em nossa cidade através de incentivo fiscal.

Conheça as propostas do candidato Barros à Prefeitura de Peruíbe, SP

Conheça as propostas do candidato Alex Matos à Prefeitura de Peruíbe, SP

Prados segue para as eleições deste domingo (15) com 2 candidatos a prefeito e 40 candidatos a vereador

Da Redação

Contando com um número de 7.061 eleitores aptos a votar nas eleições deste próximo domingo (15), Prados se prepara para a grande festa da democracia quando haverá de ser escolhido prefeito e seu respectivo vice-prefeito dentre dois candidatos, e nove vereadores entre 40 postulantes.

O eleitorado de Prados este ano está bem dividido entre homens (49,4%) e mulheres (50,6%), com idades variando entre os 100 anos ou mais (com três eleitores), e 16 anos, com apenas 10 jovens votando pela primeira vez. Destes, a grande maioria (62,4%) se declarou solteira, enquanto 32,4% são casados.

Do total do eleitorado apenas 317 (4,49%) têm ensino superior completo, e 133 (1,88%) com ensino superior incompleto. Na outra ponta, 2.634 (37,3%) não terminaram o ensino fundamental, e 237 (3,36%) se declararam analfabetos.

Candidatos

Todos estes cidadãos e cidadãs irão ao encontro das urnas no próximo domingo para escolher os prefeito e vice que dirigirão os rumos da cidade pelos próximos quatro anos, a partir de janeiro de 2021. Para cumprir este dever cívico, escolherão entre o atual prefeito Juninho do Lester (PSDB-45) que busca a reeleição, e o ex-prefeito Gustavo Gastão (PT-13).

Na outra eleição – para vereador – o município de Prados tem 40 candidatos e candidatas que disputarão uma das nove vagas no Legislativo (vide relação abaixo). Originalmente eram 41 os candidatos, mas houve a renúncia (desistência) de um candidato do MDB. Todos foram contemplados com o deferimento de seus pedidos de registro de candidatura.

Enquanto para prefeito a escolha é simples, ficando por decidir entre Juninho do Léster e Gustavo Gastão, a eleição para vereador é um pouco mais complicada, e a culpa é do tal do “quociente eleitoral” ou, como queiram, “coeficiente eleitoral”.

Contas

Na eleição de 2016 havia 6.831 eleitores aptos a votar, mas compareceram 6.023 (88,17%) para votar, sendo que destes 268 anularam seus votos e 250 votaram em branco. Como os votos em branco nem os votos nulos contam para definição do quociente eleitoral, o total de votos válidos foi de 5.505 que, dividido por nove, definiu como 611 votos o tal do coeficiente eleitoral.

Para este ano, quando Prados aumentou seu eleitorado para 7.061, se considerarmos pela média o mesmo percentual da eleição passada de ausentes (11,83%), votos nulos (4,45%) e votos brancos (4,15%), pode-se estimar que o número de votos válidos para vereador esteja na casa dos 5.619 votos proporcionais, o que faria aumentar o coeficiente eleitoral para 624 votos. Mas, o que significa isso? Significa que para que um partido tenha condições de eleger um vereador terá que ter, na soma de todos os seus candidatos, pelo menos 624 votos nominais.

Com a mudança das regras para as eleições deste ano (veja aqui uma análise feita a partir do resultado da eleição passada se tivessem sido regidas pelas regras atuais), cada partido terá que buscar alcançar o maior número de votos para ver seus candidatos mais votados na Câmara a partir de 2021.

São quatro partidos concorrendo às eleições deste ano (PSDB – MDB – PT – PODE), e todos buscando ao menos uma vaga para seus candidatos, é possível prever um cenário para a próxima Câmara, onde inexoravelmente o PSDB continuaria com a maioria, já que tem um maior número de candidatos considerados fortes. Já o MDB que, na cidade, historicamente se contrapõe com PSDB, pode sair enfraquecido da eleição, principalmente porque estará desvinculado do PT que, por sua vez, também poderá sofrer revés em razão de não poder sair coligado com outro partido na eleição proporcional.

A eleição, contudo, é sempre uma “caixinha de surpresa”, como é costume dizer. Embora as apostas estejam correndo soltas por botecos e barbearias da cidade, o certo mesmo é que somente no final do dia de domingo é que se poderá ter certeza da vitória deste ou daquele.

Escolha seu candidato

PREFEITO E VICE

  • PREFEITO GUSTAVO GASTAO CORGOSINHO CARDOSO (GUSTAVO GASTÃO) – VICE JURANDIR MANOEL DE CARVALHO (JURANDIR) – PT – 13
  • PREFEITO LESTER REZENDE DANTAS JUNIOR (JUNINHO DO LÉSTER) – VICE ARI EUSTÁQUIO DA COSTA (ARI) – PSDB – 45

VEREADOR (ORDEM ALFABÉTICA)

  • AÉCIO JOSÉ DA SILVA (AÉCIO MECÂNICO) – PODE – 19123
  • ALBA CAMPOS (ALBINHA) – PODE – 19233
  • ALINE CORREIA DOS SANTOS (ALINE DO CHIQUINHO) – PT – 13130
  • ANA RITA DA SILVA (ANA RITA) – PSDB – 45602
  • ANDRÉ LUIZ DAS NEVES SILVA (ANDRÉ NEVES) – PSDB – 45600
  • OZINETE BARBOSA DA SILVA (CANTORA OZINETE SILVA) – MDB – 15472
  • JOSÉ CARLOS DE OLIVEIRA (CARLINHO PITANGUEIRAS) – PT – 13456
  • CÉSAR MURILO DA TRINDADE VELHO (CÉSAR CABEÇÃO) – MDB – 15555
  • FRANCISCA APARECIDA DA SILVA (CHIQUINHA DO MOZART) – MDB – 15611
  • CRISTIANO AUGUSTO DANTAS (CRISTIANO DO FARUTE) – PSDB – 45610
  • ALEDIR TEIXEIRA (DEIVIDE CHAVEIRO) – MDB – 15915
  • DEJAIR JOSÉ DA TRINDADE TEIXEIRA (DEJA) – PT – 13017
  • DELFIM GERALDO FERREIRA (DELFIM DO BAIAL) – PSDB – 45618
  • DILMA MARIA PINTO FONSECA (DILMA) – PT – 13023
  • JOSÉ DINIZ DA CUNHA (DINIZ) – PT – 13013
  • ELISÂNGELA MARIA LADEIRA FERREIRA (ELISÂNGELA LADEIRA) – PSDB – 45645
  • FERNANDO ANTONIO RAMOS (FERNANDO DO ZÉ CARIOCA) – PSDB – 45615
  • GERALDO AFONSO DO NASCIMENTO (GERALDO AFONSO) – PODE – 19111
  • GIOVANE BATISTA TEIXEIRA (GIOVANE DO BICHINHO) – PSDB – 45601
  • GISELDA MARIA DO LIVRAMENTO VELHO (GISELDA ENFERMEIRA) – PT – 13123
  • EVERTON DE SOUSA REIS (GRINGO) – MDB – 15789
  • JANAÍNA DE SOUZA (JANAÍNA ENFERMEIRA) – PT – 13035
  • GERALDO SILVA OLIVEIRA (LADINHO DO MAZICO) – PT – 13600
  • LENISA TEIXEIRA DE CARVALHO (LENISA) – PT – 13777
  • LOURIVAL DE SOUZA SILVA (LOURIVAL) – PSDB – 45699
  • GLEIDISON GERALDO CAPISTRANO PEREIRA (MÃOZINHA) – PT – 13131
  • MARCOS POSSA (MARCOS DA FINTA) – MDB – 15015
  • NYRLA MARIA MACHADO DELFINO (NYRLA MACHADO) – MDB – 15000
  • PATRÍCIA LADEIRA PINHEIRO (PATRÍCIA DO ROSENI) – PT – 13000
  • PAULO ROBERTO DE SOUSA (PAULINHO DO BÁ) – PSDB – 45604
  • MARIA APARECIDA MINEIRO (PIQUITA) – PSDB – 45666
  • IVACI LOPES DE OLIVEIRA (RATINHO) – PODE – 19000
  • ROBERTO MIRANDA DO NASCIMENTO (ROBERTO MIRANDA) – MDB – 15615
  • RONALDO MARCELINO DE SOUSA (RONALDO DA NIGRINHA) – PSDB – 45603
  • ROSILENE DA CONCEIÇÃO FIRMIANO LADEIRA (ROSI DO LÉO) – PT – 13113
  • SOLANGE MARIA DA PIEDADE OLIVEIRA (SOLANGE OLIVEIRA) – PODE – 19999
  • VAGNER POSSA SILVA (VAGNER DO CATIRA) – PSDB – 45606
  • VALDIR GOMES RIBEIRO (VALDIR DO DECO) – PT – 13222
  • VICENTINA DAS MERCÊS GONÇALVES (VICENTINA MADRINHA) – PSDB – 45609
  • WASHINGTON HENRIQUE FIGUEIREDO (WASHINGTON CHITÃO) – PODE – 19141

Vicentina – A Madrinha de todo pradense

Da Redação

Quem não conhece a professora Vicentina? É possível que muitos dos homens e mulheres de Prados hoje passaram pelas mãos da professora que dedicou boa parte de sua vida a ensinar a ler, a escrever, e a ser o cidadão e cidadã de bem de nossa querida cidade. Por muitos anos Vicentina foi diretora da Escola Estadual “Dr. Viviano Caldas”, tendo lecionado em várias escolas da cidade e comunidades do município; logo não temos como dizer que não estamos diante de uma professora de respeito e com muita história para contar.

Agora, e a Vicentina Madrinha? Quem é que conhece? Pois é, essa eu creio que todos. Afinal, foi com esse apelido carinhoso que lhe deram na eleição de 2012, quando concorria como candidata a vice-prefeita, que Vicentina das Mercês Gonçalves veio a conquistar uma das vagas para o legislativo pradense em 2016, assumindo a vereança em 2017, e permanecendo até os dias de hoje como uma das representantes mais laboriosas e dignas de você eleitor, de você eleitora, na Câmara Municipal de Prados.

Pois muito bem. Vicentina novamente se apresenta, com toda humildade perante a população de Prados, como candidata à reeleição. E é com esta mesma humildade que pede o voto para que possa continuar na Câmara exercendo o ofício do qual aprendeu a gostar, que é de oferecer todo seu conhecimento e disposição para o trabalho de continuar trazendo melhorias para Prados.

Afinal, se formos enumerar aqui tudo aquilo que a vereadora Vicentina trouxe, por si só, ou por intermédio de deputados seus amigos, ou mesmo em parceria com seus colegas de Câmara, um livro seria pouco!

Como modelo dessa disposição, não é exagero dizer que muitas das conquistas para as áreas de Educação, Cultura, Obras, Esportes, Segurança Pública, Saúde e outras áreas que chegaram para Prados desde janeiro de 2017, tem importante e efetiva participação da vereadora Vicentina. Reformas de escolas (R$ 60 mil), aquisição de instrumentos para a banda do Vitoriano Veloso (R$ 40 mil) são apenas dois singelos exemplos dentre tantos outros, como o relevante aporte de R$ 200 mil para a Saúde, vindos através de emendas parlamentares, e, mais recentemente, a transferência de R$ 190 mil de sobra do Orçamento da Câmara, dinheiro que permitiu ao prefeito Juninho dar início às obras de reforma da Selaria Estrela, no centro da cidade.

A recomendação para o voto em Vicentina Madrinha é com todo louvor. Então, se ainda não tinha certeza de que Vicentina Madrinha está entre as melhores candidatas, e merece continuar como nossa representante na Câmara, deixe a dúvida de lado, e no dia 15 de novembro, lembre-se: é 45609 para reeleger Vicentina Madrinha, e 45 para reeleger nosso grande prefeito Juninho do Léster.

Para saber mais sobre Vicentina Madrinha, visite sua página no Facebook: https://www.facebook.com/vicentinadasmerces.goncalves.1

Matéria publicada com fulcro nos arts. 57-A a 57-J e 39, § 5º IV, da Lei nº 9.504/1997, e art. 27 a 33 e 87, IV da Res. TSE nº 23.610/2019, e ainda art. 1º, § 1º, IV, da EC nº 107/2020, que dispõe sobre a propaganda na internet através de blogs, redes sociais, mensagens instantâneas e aplicações na internet, e da livre manifestação da opinião e do pensamento feita por pessoa natural, e publicada em sítio de propriedade e responsabilidade de pessoa física, não se tratando de matéria paga.

Deputado Glaycon Franco vem a Prados e dedica apoio à campanha de Juninho

Da Redação

Parceiro da administração desde quando Juninho do Léster assumiu a prefeitura em 2017, o deputado estadual Glaycon Franco esteve em Prados no dia de ontem (5), oportunidade em que empenhou todo seu apoio à campanha de reeleição do atual prefeito.

Em visita ao comitê de campanha, Glaycon fez questão de gravar um vídeo-testemunho, demonstrando a admiração que tem pela dupla Juninho e Ari, os quais considera “homens sérios e competentes para continuar governando a cidade de Prados”.

Em sua palavra, o deputado lembrou que, por conta dos “momentos difíceis, com economia complicada, temos desafios enormes pela frente, resquícios da pandemia, e da crise econômica que está por vir, temos que colocar pessoas sérias, capacitadas, e que têm espírito republicano como o Juninho tem”. Enfático ao registrar seu apoio à campanha do PSDB, o deputado Glaycon Franco lembra que Juninho é “uma pessoa séria, preocupada com os destinos de Prados, sem fazer politicagem, e isto é um compromisso que o Juninho tem com o povo de Prados”.

Mandato atuante

Dono de um mandato bastante voltado a atender as demandas de Prados, assim como das pequenas cidades da região, Glaycon Franco não mediu esforços para fazer enviar dinheiro resultante de dezenas de emendas parlamentares ao Orçamento do Estado, dinheiro este que permitiu ao prefeito Juninho fazer frente aos gastos, principalmente com a Saúde.

A promessa resultante desta visita no dia de ontem é a de que “vou continuar dando total apoio junto ao governo do Estado para que a gente possa cada vez trazer recursos para melhorar de fato a vida do povo de Prados”.

Em sua palavra, Juninho do Lester aproveitou para agradecer a visita do deputado, o apoio, a solidariedade para com sua campanha de reeleição, ao tempo em que, como prefeito, agradeceu também, em nome do povo de Prados, todo empenho que o deputado tem feito para ajudar a minimizar a crise pela qual passa todo o país.

Bastante aplaudido ao final de sua fala, o deputado Glaycon Franco, que é do Partido Verde (PV), foi incisivo: “Então, minha gente, no dia 15 de novembro, é 45 na cabeça!”.

Hortolândia deve fornecer ensino especial a adulto autista

Jovem ficou sem atendimento ao atingir a maioridade.

Da Comunicação Social TJSP

A 1ª Câmara de Direito Público manteve sentença que condenou a Municipalidade de Hortolândia a matricular adulto autista em instituição de ensino especializada de período integral e providenciar o transporte do autor até o local. Semestralmente relatório médico deve atestar que as necessidades do autor da ação estejam sendo atendidas.

De acordo com os autos, o jovem tem 26 anos de idade, é autista e apresenta retardo mental moderado. Enquanto criança, frequentou unidades municipais de educação especial, porém ficou sem atendimento ao atingir a idade adulta. O relator do recurso, desembargador Danilo Panizza, afirmou que o Município tem o dever legal de fornecer à pessoa com necessidades especiais o devido atendimento: “é direito do cidadão obter todos os recursos e meios que garantam a preservação de sua integridade física e mental, ainda mais quando se trata de portador de deficiência mental, cuja exclusão do convívio social é de conhecimento notório, devendo os órgãos públicos adotarem medidas efetivas que permitam sua reintegração à comunidade, bem como aprimoramento de sua qualidade de vida, de molde a cumprir adequadamente os ditames previstos pela Carta Magna”.

O magistrado apontou os artigos 5º, 196 e 203 da Constituição Federal, o artigo 27 do Estatuto da Pessoa com Deficiência e os artigos 2º e 3º da Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista, que delineiam a responsabilidade do Poder Público em atender a parcela da população com problemas com deficiência mental. “Nesta conformidade o Autor, portador de necessidade especial (autismo e retardo mental moderado), tem o direito e absoluta prioridade ao acesso a escola especial, ou instituição que possa lhe proporcionar melhores condições de vida, e oportunidade de integração com a comunidade e convívio social, sob pena de violação do princípio da proteção integral”.

Panizza pontuou, também, que a falta de previsão orçamentária alegada pelo Município não justifica a violação dos direitos constitucionais do apelado. “Outrora, a arguição sobre necessidade de previsão orçamentária não elide o direito de o apelado em obter a assistência educacional e transporte necessários, a fim de que a pessoa autista consiga desenvolver suas habilidades sociais e cotidianas, até porque o direito colocado sub judice predomina sobre qualquer aspecto pecuniário ou burocrático, diante da extrema relevância e indisponibilidade de que revestido.”

Participaram do julgamento, que teve votação unânime, os desembargadores Luís Francisco Aguilar Cortez e Rubens Rihl Pires Corrêa.

Apelação nº 1000654-98.2019.8.26.0229

Justiça Eleitoral recebe pedido de impugnação da candidatura de Emer Jaoude à Prefeitura de Peruíbe, SP

Pedido, formulado pelo presidente do partido AVANTE no município, aponta que o candidato não poderia concorrer ao cargo por ter sido condenado por improbidade administrativa.

Do G1 Santos e Região

A Justiça Eleitoral recebeu um pedido de impugnação ao registro da candidatura de Emer Jaoude (DC) à Prefeitura de Peruíbe, no litoral de São Paulo. A petição foi formulada pela defesa de José Ferreira dos Santos Junior, presidente do partido AVANTE no município.

Segundo o pedido, José Ferreira aponta que Emer não poderia concorrer ao cargo por ter sido condenado pela Justiça por improbidade administrativa. Ele alega que o candidato foi condenado por fraude em processo licitatório e teve suspensos os direitos políticos pelo prazo de dez anos.

Conforme consta na petição, Emer seria responsável por um esquema para que a empresa da qual é dono vencesse uma licitação pública em um município no interior paulista. Ele foi condenado em 1ª instância pelo juiz da 2ª Vara Cível da Comarca de Monte Mor, em junho de 2019.

Diante da decisão, a defesa de Emer solicitou a anulação da condenação e o processo foi encaminhado ao Tribunal de Justiça de São Paulo, onde aguarda julgamento.

A petição de José Ferreira aponta, ainda, que a candidatura descumpre a Lei Complementar 135/2010, conhecida como Lei da Ficha Limpa. O pedido de impugnação foi encaminhado para julgamento da 295ª Zona Eleitoral.

Defesa

O processo que tramita na Comarca de Monte Mor (SP) não está encerrado, mas, sim, em grau de recurso, sendo apresentada contestação ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Essa contestação foi recebida pelo relator em 28 de agosto de 2020. Ainda temos as fases de STJ, STF e CNJ. Confirma essa situação, uma vez que o próprio sistema eleitoral exige certidão de segunda instância.

Qualquer cidadão somente poderá ser considerado culpado e ter a sentença condenatória confirmada após trânsito em julgado dessa sentença, como define o código de processo civil.

Noutro bordo, o processo proposto deveria ser pelo AVANTE, que nem apto está, visto sua regularização em julho de 2020, visto que, segundo a legislação eleitoral, quem deveria representar é o candidato, a coligação, o partido político e o Ministério Público, e não a pessoa física do presidente do partido, como fez José Ferreira dos Santos Junior.

Seguindo, na folha de rosto do processo, foi informada a coligação Peruíbe Tem Jeito 27 (e os partidos que fazem parte) como requerente. Onde está o requerido? A defesa já está sendo protocolada.

Não perca a próxima supervalorização – A hora é de comprar ações!

Se você está vendo estes anúncios acima, outras pessoas poderão ver o seu anúncio também! Anuncie agora! Ganhe banners rodando 24 horas por dia por um investimento muito baixo mesmo! Anuncie já! Clique aqui e contrate seus banners agora.

Comércio começa a voltar à normalidade em Prados a partir deste sábado, 18

Hotéis e lojas de artesanatos estão liberados para abrir, desde que assinem termo de compromisso na Secretaria Municipal de Saúde

Da Redação

Publicada deliberação que aprova o programa “Minas Consciente ...Ainda que atendendo, neste primeiro momento, somente as lojas de artesanato e estabelecimentos hoteleiros, os artesãos, comerciantes e empresários de Prados começam a vislumbrar uma “luz no fim do túnel”, depois da estagnação completa que que se segue desde abril, abalando por completo a economia do município.

A medida que abranda o rigor das regras para impedir que a pandemia chegasse até Prados foi assinada pelo prefeito Juninho do Lester que decidiu aderir ao “Programa Minas Consciente” do governo estadual. O “Programa Minas Consciente” prevê uma retomada gradual e consciente das atividades econômicas em todo o estado, sempre levando em conta os gráficos indicadores para avanço ou retrocesso do COVID-19, que é a versão “atualizada” deste vírus gripal que ronda o mundo há décadas.

De posse dos indicadores fornecidos pela Secretaria da Saúde local, Juninho do Lester pode se sentir seguro na tomada desta decisão importante para Prados: “Quando tudo isso começou e nos vimos obrigado a tomar as decisões rígidas que tomamos, sabíamos que o impacto na economia de nossa cidade seria grande”, disse Juninho à reportagem, para lembrar que “o remédio era amargo e necessário, mas vimos agora que graças às ações preventivas tomadas por nossas equipes sanitárias e de saúde, e à colaboração de nossa gente, que estamos conseguimos atravessar esta crise sem casos mais sérios, e podemos comemorar mesmo nenhum caso mais grave do Coronavírus no município”.

Cuidados redobrados

Embora esta decisão fosse aguardada com grande ansiedade pelo comércio local, é preciso que se saiba que a crise não passou, o que significa que os cuidados em seguir as orientações das autoridades sanitárias e de saúde do município devem ser redobrados. Segundo prevê o próprio “Programa Minas Consciente”, a volta à normalidade tem que ser monitorada pelos comitês de crise em razão da pandemia em cada município. “Estaremos atentos no acompanhamento dos casos que eventualmente surgirem em razão desta abertura e, se for necessário, será preciso retomar o rigor das medidas de contenção de disseminação do vírus”, lembra Rildo Costa, Secretário de Saúde, enfatizando a importância da colaboração de todos quanto aos compromissos que devem ser assumidos: “Todos somos responsáveis e todos devemos cada qual a nossa parte”, enfatiza Rildo.

Termo de Compromisso

O protocolo a ser seguido para os empresários alcançados pelo benefício da reabertura de suas atividades neste primeiro momento segue orientações básicas de prevenção para os empregadores, seus empregados e para os consumidores.

No site da prefeitura (veja aqui) pode ser encontrado maiores detalhes da medida tomada pelo prefeito Juninho na data de hoje, e também um link onde é possível baixar o “Termo de Compromisso” que deve ser assinado e entregue da Secretaria Municipal de Saúde.

Os hotéis poderão vir a receber hóspedes e as lojas de artesanatos poderão estar abertas para atender os turistas já a partir deste sábado, 18.

Monte o seguro AutoYouse do seu jeito, a partir de R$ 45,76 por mês.

Se você está vendo estes anúncios acima, outras pessoas poderão ver o seu anúncio também! Anuncie agora! Ganhe banners rodando 24 horas por dia por um investimento muito baixo mesmo! Anuncie já! Clique aqui e contrate seus banners agora.

Zé Alves Topografia e Projetos – Quando o conhecimento faz a diferença

Se você está vendo estes anúncios acima, outras pessoas poderão ver o seu anúncio também! Anuncie agora! Ganhe banners rodando 24 horas por dia por um investimento muito baixo mesmo! Anuncie já! Clique aqui e contrate seus banners agora.

Conheça a Pós Graduação em Odontologia Hospitalar do Einstein

Se você está vendo estes anúncios acima, outras pessoas poderão ver o seu anúncio também! Anuncie agora! Ganhe banners rodando 24 horas por dia por um investimento muito baixo mesmo! Anuncie já! Clique aqui e contrate seus banners agora.

Em meio à pandemia do Coronavírus, Prados entra na Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo

Mesmo com gravidade do momento em relação ao COVID-19, Secretaria de Saúde mostra atenção a outras doenças sazonais

Da Redação

Parte do “Movimento Vacina Brasil”, do Governo Federal, a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo não ficará ofuscada pela crise que se instalou Brasil afora por conta do novo Coronavírus. Pelo menos não em Prados, onde os gestores da Saúde do município, seguindo recomendação expressa do prefeito Juninho do Lester, não pretendem que outras doenças que acometem as pessoas restem esquecidas, principalmente com a chegada do inverno.

Com o outono chegando ao fim, e já dando ares de que o inverno pode ser intenso na região, a preocupação da Secretaria de Saúde de Prados se volta, além do Coronavírus, para outras gripes, como Influenza (H1N1), e também para o Sarampo, que embora parecendo ter sido erradicada do Brasil há alguns anos, acabou teimando em retornar, adoecendo muita gente ainda nos dias de hoje

Por conta disso é que o Ministério da Saúde, em conjunto com as secretarias estaduais e municipais estão enfatizando a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo 2020. Conforme Gleicemara Aparecida Carvalho Gonzaga (Gleice), que é coordenadora das Unidades Básicas de Saúde e Diretora de Planejamento Estratégico da Secretaria de Saúde de Prados, a campanha vai buscar a adesão de 100% da população pradense em idade entre 20 e 49 anos. “Todas as pessoas – homens e mulheres (não grávidas) –, na faixa de idade entre os 20 e os 49 anos devem receber essa dose extra da vacina contra o Sarampo, independentemente se já tenham tomado a vacina anteriormente, ou não”, lembra.

O que é o Sarampo?

De acordo com o Portal Saúde do Ministério da Saúde, Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tossefalaespirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina.

Os principais sintomas do sarampo são:

  • Febre acompanhada de tosse;
  • Irritação nos olhos;
  • Nariz escorrendo ou entupido;
  • Mal-estar intenso;

Em torno de 3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade.

Orientações

Para receber a dose extra da vacina contra o Sarampo, basta comparecer ao posto de saúde mais próximo da residência ou trabalho, levando cartão de vacina, cartão do SUS e documento de identidade.

Os coordenadores da campanha orientam que, ao chegar ao posto, deve-se avisar o motivo da ida (vacinação contra o Sarampo), mantendo-se do lado de fora, aguardando ser chamado. “Procure manter a distância recomendada entre as pessoas, e esteja usando a máscara”, avisa Gleice.

O Secretário Municipal de Saúde, Rildo Costa enfatiza a importância da vacinação como medida de prevenção às doenças. “Neste momento em que a comunidade médico-científica do mundo todo se desdobra em pesquisas para buscar uma vacina contra o COVID-19, é de suma necessidade que todos nós valorizemos uma campanha como essa contra o Sarampo que buscar manter também esta doença longe das divisas de Prados”, diz Rildo.

Entusiasmado com as projeções que dão conta de que a pandemia do Coronavírus pode passar sem que tenha acometido um só pradense, o prefeito Juninho aproveita para agradecer a consciência do povo de Prados em colaborar para evitar que o COVID-19 se instale por aqui. “Estamos preocupados em manter toda e qualquer doença bem longe de Prados, por isso peço mais uma vez que minha gente busque os postos de saúde para se vacinar contra o Sarampo, aproveitando esta campanha nacional”, enfatiza.

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo estará disponível até dia 30 de junho próximo.

OMS afirma que Suécia, que não fez lockdown, é “modelo a ser seguido”

Cidadania foi elemento crucial para o combate à doença

Por Pedro Ivo de Oliveira – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Após adotar uma estratégia polêmica de combate ao novo coronavírus, a Suécia foi citada por Michael Ryan, diretor executivo da Organização Mundial da Saúde (OMS) e especialista em saúde emergencial, como “modelo de combate [à covid-19].”

A Suécia se recusou, no período entre março e abril, a implementar leis específicas para quarentena e isolamento social. Em vez da regulamentação pesada de outros países da Escandinávia (região do norte europeu que agrupa Dinamarca, Noruega e Suécia), o governo sueco propôs uma política pública baseada em compreensão, cuidado e segurança com o próximo – uma forma de isolamento social baseado em cidadania, não em multas ou regulamentações severas.

“Há uma percepção de que a Suécia não criou medidas de controle e deixou a doença se disseminar, mas isso não poderia estar mais longe da verdade”, afirmou Ryan.“[O país] criou uma política pública muito dura de distanciamento social baseada em cuidar e proteger pessoas internadas. O que houve de diferente foi a confiança na cidadania e a habilidade individual dos cidadãos de se imporem o distanciamento social e os devidos cuidados [contra a infecção]”, afirmou o médico em coletiva.

A forma diferente de lidar com a pandemia foi criticada por acadêmicos e intelectuais do país, que escreveram uma carta aberta ao governo para solicitar um endurecimento das medidas contra o novo coronavírus. O documento registrou mais de 2.300 assinaturas. A Suécia apresentou um número maior de casos em comparação com os vizinhos, que adotaram medidas regulatórias por meio de decretos. Foram 20.300 casos e 2.462 mortes.

“Se não queremos uma sociedade que necessite de lockdowns, devemos olhar para a Suécia como representante de um modelo [de ação]”, complementou Ryan.

Diferenças

O país, porém, apresenta uma realidade bem diferente do resto do mundo. A Suécia conta com cerca de 10,3 milhões de habitantes, e possui um produto interno bruto (PIB) de cerca de US$ 528 bilhões. O país tem uma renda média anual de US$ 54.600 por pessoa – cerca de R$ 300 mil. A Suécia figura entre os 10 países com a população mais feliz do mundo, e também com maior liberdade econômica. A média de impostos que o cidadão sueco paga gira em torno de 32% dos ganhos individuais, o que torna o país um dos mais onerosos para os contribuintes.