Arquivos de tag:

Paraíso das Pedras em Sorocaba e Região? Não procure mais! Veja aqui.

Se você está vendo estes anúncios acima, outras pessoas poderão ver o seu anúncio também! Anuncie agora! Ganhe banners rodando 24 horas por dia por um investimento muito baixo mesmo! Anuncie já! Clique aqui e contrate seus banners agora.

Fundap – SP divulga Processo Seletivo com mais de 4 mil vagas para estagiários

Podem participar estudantes de nível médio, técnico e superior, a bolsa-auxílio pode chegar até R$ 1,2 mil.

94317cf6f87b6b634022226b85799b9b[1]Karina Felício, no PCI Concursos

Até o dia 15 de fevereiro de 2016, a Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap), recebe as inscrições do Processo Seletivo de estagiários, que visa o preenchimento previsto de 4.486 vagas, e o credenciamento dos demais classificados.

O Programa de Estágio do Governo do Estado de São Paulo, oferece vagas em órgãos e entidades da Administração Pública Estadual e Tribunal Regional Federal da 3ª Região.

Para os estudantes de nível médio são (562 vagas). Mas se você está matriculado em curso de nível técnico saiba que são contempladas as áreas de Administração (225); Agricultura (7); Agrimensura (1); Agroecologia (2); Alimentos (2); Análises Clínicas (2); Biblioteconomia (2); Construção Civil (8); Contabilidade (7); Elétrica (7); Eletrotécnica (4); Farmácia (1); Gestão Pública (2); Informática (82); Logística (3); Marketing (1); Mecânica (2); Mecatrônica (1); Meio Ambiente (4); Moda (1); Multimídia (2); Museu (6); Nutrição (4); Patologia (2); Química (5); Recursos Humanos (2); Saneamento (2); Secretariado (21); Segurança do Trabalho (5); Serviços Judiciários (1); Telecomunicações (1) e Turismo (4).

E para você que cursa nível superior, o edital dispõe vagas nas áreas de Administração (1576); Administração e Gestão Pública (26); Agrícola (1); Agronômica (12); Alimentos (3); Biblioteconomia (14); Biologia (10); Biomedicina (1); Bioquímica (2); Ciências Sociais (59); Civil (2); Contábil (14); Design e Comunicação (6); Direito (399); Economia (12); Editoração (1); Educação (13); Esportes (16); Farmácia (51); Finanças (6); Física (2); Florestal (6); Fonoaudiologia (1); Geografia (69); Geologia (2); Gerontologia (2); Gestão Ambiental (30); História (45); Industrial (2); Informática (377); Jornalismo (74); Letras (1); Logística (3); Marketing (2); Matemática (224); Materiais (1); Meio Ambiente (5); Museologia (1); Navegação (2); Odontologia (4); Produção Cultural (3); Psicologia (98); Química (6); Recursos Humanos (13); Relações Internacionais (1); Relações Públicas (3); Relações Públicas (15); Secretariado (177); Serviço Social (109); Telecomunicações (2) e Turismo (1).

A jornada de estágio pode ser de 4h ou 6 horas diárias, o que resultada nas remunerações variáveis de R$ 300,00 a R$ 1.250,00, conforme a escolaridade apresentada e jornada desempenhada. Os valores referentes a benefícios como Auxílios Transporte e Alimentação também variam, de acordo com a localidade de atuação.

Os interessados devem efetuar as inscrições acessando o site www.estagio.sp.gov.br, ou comparecendo na Fundap, localizada na Rua Alves Guimarães, nº 429, bairro Cerqueira César, São Paulo – SP. O horário de atendimento é das 9h às 16h de segunda a sexta-feira.

A etapa de avaliação será composta por prova objetiva, prevista de ser aplicada em 6 de março de 2016.

Este Processo Seletivo, contempla as cidades de Adamantina; Águas de Lindóia; Altinópolis; Americana; Amparo; Andradina; Apiaí; Araçatuba; Araçoiaba da Serra; Araraquara; Assis; Atibaia; Auriflama; Avanhandava; Avaré; Balbinos; Bariri; Barra bonita; Barretos; Barueri; Batatais; Bauru; Bebedouro; Bernardino de Campos; Birigui; Boa Esperança do Sul; Botucatu; Bragança Paulista; Brodósqui; Buritama; Cabreúva; Caçapava; Cachoeira Paulista; Caieiras; Cajamar; Cajuru; Campinas; Campos do Jordão; Cananéia; Cândido Mota; Capão Bonito; Capivari; Caraguatatuba; Carapicuíba; Casa branca; Catanduva; Cerqueira César; Charqueada; Chavantes; Clementina; Cravinhos; Cruzeiro; Cubatão; Diadema; Eldorado; Elias fausto; Embu; Espírito Santo do Turvo; Fernandópolis; Franca; Francisco Morato; Gavião Peixoto; General Salgado; Getulina; Glicério; Guariba; Guarujá; Guarulhos; Guatapará; Iaras; Ibitinga; Igarapava; Iguape; Ilha solteira; Indaiatuba; Ipaussu; Iperó; Irapuru; Itaberá; Itaí; Itanhaém; Itapecerica da Serra; Itapetininga; Itapeva; Itapevi; Itápolis; Itararé; Itatiba; Itatinga; Itirapina; Itu; Ituverava; Jaboticabal; Jacareí; Jales; Jardinópolis; Jarinu; Jaú; Jundiaí; Junqueirópolis; Laranjal Paulista; Lavínia; Lençóis Paulista; Limeira; Lins; Lorena; Lucélia; Luís Antônio; Mairinque; Marabá Paulista; Marília; Martinópolis; Miguelópolis; Miracatu; Mirandópolis; Mirante do Paranapanema; Mirassol; Mococa; Mogi-Guaçu; Mogi-Mirim; Mombuca; Mongaguá; Monte Alto; Morungaba; Motuca; Nazaré Paulista; Nova Europa; Novo Horizonte; Olímpia; Orlândia; Osasco; Osvaldo Cruz; Ourinhos; Pacaembu; Paranapanema; Pariquera-Açu; Pedro de Toledo; Penápolis; Pereira Barreto; Peruíbe; Pindamonhangaba; Pinhalzinho; Piracaia; Piracicaba; Piraju; Pirajuí; Pirassununga; Pitangueiras; Pompéia; Potim; Pracinha; Praia Grande; Presidente Epitácio; Presidente Prudente; Presidente Venceslau; Rafard; Reginópolis; Registro; Ribeirão Preto; Rio claro; Rio das Pedras; Salto de Pirapora; Santa Bárbara Doeste; Santa Cruz do Rio Pardo; Santa Rita do Passa Quatro; Santana de Parnaíba; Santo André; Santos; São Bento do Sapucaí; São Bernardo do Campo; São Caetano do Sul; São Carlos; São João da Boa Vista; São Joaquim da Barra; São José do Rio Preto; São José dos Campos; São Luís do Paraitinga; São Manuel; São Paulo; São Pedro do Turvo; São Roque; São Sebastião; São Simão; São Vicente; Serra Azul; Serra Negra; Serrana; Sertãozinho; Socorro; Sorocaba; Sumaré; Taboão da Serra; Taquaritinga; Taubaté; Tejupá; Teodoro Sampaio; Tietê; Timburi; Trabiju; Tremembé; Tupã; Tupi paulista; Ubatuba; Ubatuba; Valparaíso e Votuporanga.

O resultado final será válido por 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período. Mais informações podem ser obtidas no documento de abertura disponível em nosso site.

Fernando & Sorocaba, Claúdia Leitte e mais atrações agitam a semana em Itanhaém

Créditos: Divulgação
Fernando & Sorocaba vão tocar na sexta-feira

De A Tribuna On-line

O 9º Itanhaém Rodeio Festival acontece a partir desta sexta-feira e segue até segunda, 22, em comemoração aos 481 anos de fundação da segunda Cidade mais antiga do País. Em todos os anos, o festival é sede de uma das etapas do Circuito Nacional de Rodeio, regulamentado pela Confederação Nacional de Rodeio (CNAR), onde competem os melhores montadores do País e acontece a tradicional prova feminina cronometrada dos tambores, entre outras competições.

Além disso, shows de artistas conhecidos do público agitam a programação de aniversário, com abertura de portões às 20h.

Shows

Uma das duplas de maior sucesso da nova música sertaneja, Fernando & Sorocaba, se apresenta na sexta-feira. No sábado, a baiana Claudia Leitte cantará seus grandes hits. Já no domingo, a diversão ficará por conta da dupla revelação Thaeme & Thiago. E os irmãos João Neto & Frederico serão as grandes atrações da festa de aniversário de 481 anos da Cidade, na segunda, dia 22 de abril.

Ingressos 

As entradas para o show da dupla João Neto & Frederico serão trocadas por 1 kg de alimento não-perecível, em postos que serão divulgados em breve. Os ingressos para os demais shows do 9º Itanhaém Rodeo Festival já estão à venda.

O pacote para todos os shows, antecipadamente, irá custar R$ 60,00. As entradas para os dois primeiros dias estão custando R$ 30,00 cada; e no terceiro, R$ 20,00. Já os camarotes individuais, para um dia, estão custando R$ 60,00. Os ingressos estão à venda em 11 pontos da Baixada Santista e também online, pela Total Acesso.

O camarote para 10 pessoas, para os quatro dias de eventos, está à venda por R$ 3.500,00 e pode ser adquirido na Loja Claro de Itanhaém (Rua Antônio Olívio de Araújo, 58 – Centro). Outras informações por meio do telefone 3421-1225 ou pelo site www.itanhaemrodeofestival.com.

O Festival acontece na Margem da rodovia Padre Manoel da Nóbrega, na altura do Km 327, no Jardim Cibratel.

Concurso público cresce em Sorocaba

Estabilidade e altos salários atraem cada vez mais sorocabanos à carreira e abre espaço para escolas

Adriane Souza, no Bom Dia Sorocaba

E quem não sonha com uma carreira promissora e estável? Com a possibilidade de financiar um imóvel sem medo ou planejar a viagem dos sonhos sem culpa? Por esta e outras razões, os sorocabanos estão cada vez mais em busca das tão disputadas vagas de concursos públicos no Estado e em todo o país.

Com isso, o mercado se abre para escolas preparatórias e cursos on-line. O segmento conquista interessados em cargos de nível médio e superior, que sabem que precisam estar afiados para ter sucesso nas provas que estão cada vez mais específicas.

Profissionalizado

A escola preparatória LFG é uma das empresas que investiu pesado neste mercado. Com dezenas de salas de aula, a unidade conta com cerca de 600 alunos.

Segundo Matilde Ester Gomes Munhoz, que trabalha na LFG, os concurseiros estão mais interessados na estabilidade do que no dinheiro. “Concurso público hoje é sinônimo de estabilidade, tanto que temos muitos alunos com carreira definida, com consultório, mas que buscam a aprovação em um concurso da área.”

Entre eles está o advogado Luiz Bannitz, 44 anos, que se matriculou na escola junto com a mulher, Andrea Lenz Bannitz, que também é advogada. Após trabalhar por muitos anos no setor privado, ele resolveu se arriscar na área pública. “Resolvi me reinventar e retomar sonhos que eu tinha na época na qual me formei. Por isso estou no curso”, explica o advogado, acrescentando que prefere estudar no colégio preparatório para se atualizar e se aprofundar em temas que não são vistos no dia a dia do trabalho jurídico. Luiz quer ser juiz do Tribunal de Justiça e vai começar as provas em 2013.

Caseiros

A atendente Luana Fátima Rosa, 23, se prepara para o primeiro desafio: tentar uma das vagas de trabalho da Fundação Casa. “Se for aprovada, terei tempo e condições financeiras para tentar um concurso de nível superior”, diz.

Ela quer utilizar o salário de R$ 3,9 mil para custear a faculdade de direito e tentar carreira na Polícia Civil. “Sei que sou capaz e, por isso, me dedico muito estudando em casa.”

Já a professora Liliane Pereira Batista, 27, possui o curso superior em pedagogia. Porém, após quatro anos de formada, sem conseguir receber piso salarial da categoria, decidiu sonhar mais alto. Estudando em casa, com livros específicos e a internet, ela passou num concurso público do Estado. “Foi emocionante saber que passei. Depois de tanta luta, atingi a estabilidade”, conta.

Liliane ainda espera ser chamada, mas já faz planos para o futuro: terminar a pós-graduação e continuar estudando para prestar outro concurso.

Mudança legal

A partir da Constituição Federal de 1988, as regras na área do serviço público mudaram. Desde então, todos os admitidos devem passar por um processo seletivo ou concurso público.

Crise econômica motiva os jovens concurseiros

Economista avalia que, após testemunharem efeitos da crise econômica em suas famílias, jovens buscam carreiras públicas como garantia de sucesso

Semelhante ao que ocorre no restante do país, Sorocaba também vive um momento de expansão da busca por carreiras no setor público. E os concurseiros estão se tornando cada vez mais jovens.

Para o economista Geraldo Almeida, este fenômeno ocorre devido aos reflexos do passado. “A crise econômica que o país viveu nos últimos anos interferiu diretamente em muitas famílias. Por isso, os jovens buscam desde cedo a estabilidade”, explica.

Assim, a maioria dos que ingressam nas faculdades está de olho no setor público. “O jovem entra na profissão pensando na aposentadoria, esquecendo que terá de trabalhar muitos anos para chegar lá”, complementa o economista. Em alguns anos, muitos se verão presos a uma escolha precoce. “O ideal é que, antes de se pensar numa profissão pública, o concurseiro não veja apenas o aspecto financeiro do cargo. É preciso avaliar se sua função lhe trará felicidade também.”

O correto, completa Geraldo, é que, após deixar a faculdade ou a escola, que a carreira seja escolhida e que a inserção no cargo público ocorra de forma gradativa, assim como a experiência a ser adquirida. “A busca pela estabilidade valorizou demais os cargos públicos. É preciso cuidado”, conclui.

Avião que saiu de Sorocaba é encontrado

Do Portal VIVACidade

O avião monomotor que saiu de Sorocaba na quinta (26) e caiu no litoral foi encontrado no começo da tarde desta sexta (27).

Os destroços do avião e os dois corpos foram localizados no sul do Guarujá, no Forte dos Andradas.

O avião de pequeno porte, que tinha como destino final o município de Itanhaém, era pilotado por um rapaz de 19 anos sob a supervisão de uma instrutora de vôos de 29 anos.

Condições climáticas desfavoráveis como tempo fechado, chuvas, ventos fortes e nuvens densas podem ter contribuído para a queda da aeronave.

Projeto proíbe contratação de fichas sujas em Sorocaba

Agência Estado, no Diário do Grande ABC

Um projeto de lei protocolado na Câmara de Sorocaba, a 92 km de São Paulo, proíbe a contratação para cargos públicos no município de pessoas que tenham sido condenadas pela Justiça. A proposta da ficha limpa municipal só vale para cargos de confiança ou em comissão – aqueles em que o servidor não precisa prestar concurso público – da administração direta e indireta, como autarquias e empresas públicas. O autor da proposta, vereador Hélio Godoy (PSD), que tem cinco assessores parlamentares contratados sem concurso, acredita que os cargos de confiança devem ser preenchidos por pessoas com ficha limpa.

Segundo ele, a Lei Complementar 135/2010, conhecida como Lei da Ficha Limpa, impede o registro da candidatura de políticos que tenham condenações judiciais. Já o servidor contratado através de concurso, segundo o vereador, também está sujeito a essa exigência, pois precisa provar a ausência de antecedentes criminais pendentes para tomar posse. “O mesmo tratamento deve ser estendido ao ocupante de cargos de confiança, inclusive diretores de autarquias e secretários municipais, conforme prevê o projeto”, defendeu. A proposta será analisada pelas comissões da Câmara antes de ser submetida à votação.