Saint Barnabas Medical Center de New Jersey – EUA (Foto: Reprodução)

Cientistas descobriram que a Hidroxicloroquina pode aumentar em 200% as taxas de sobrevivência de Covid-19

Do Portal Jetss

Um novo e importante estudo conduzido pela equipe de cientistas do centro médico Saint Barnabas Medical Center de New Jersey – EUA, foi recentemente publicado no site médico medRxiv.

O estudo sugere que pacientes gravemente doentes podem ser ajudados em sua batalha contra Covid-19, com uma alta dose de Hidroxicloroquina e Zinco.

Os cientistas descobriram que, quando pacientes de uma versão grave de Covid-19 receberam altas doses de Hidroxicloroquina com zinco, suas taxas de sobrevivência aumentaram dramaticamente, segundo reportou o Mail Online.

Da mesma forma que o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, o ex-presidente Donald Trump já havia anteriormente apontado a Hidroxicloroquina como um potencial tratamento milagroso, mas alguns cientistas insistiam que ele estava errado.

Ainda assim, nesta quarta-feira (10), os aliados de Trump destacaram o estudo conduzido pelos cientistas, e, aproveitaram o importante relatório para declarar que ele estava correto.

O estudo realizado pelo Saint Barnabas Medical Center com 255 pacientes contaminados de Covid-19, concluiu que a Hidroxicloroquina é eficaz. Quando usado em altas doses e com zinco, o medicamento aumentou as taxas de sobrevida, sendo útil em casos graves de Covid-19.

Um número crescente de estudos está sugerindo que a droga pode ser útil.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.