TRAGÉDIA EM PERUÍBE – PM comete suicídio após matar a esposa

Da Redação

A cidade de Peruíbe foi palco de mais uma tragédia familiar na manhã de hoje, quando um soldado da polícia militar matou a esposa a tiros, vindo a se matar na sequência.

Embora as informações ainda estejam um tanto desencontradas, de acordo com uma nota de pesar publicada em um grupo restrito de colegas de farda, o Soldado PM Edson Melo, pertencente ao efetivo da 3ª Cia. do 29º BPM/I teria feito enviado um áudio aos colegas dizendo que “havia feito uma besteira”, indicando que deixara o cartão de banco “para usarem o dinheiro”, e que a porta de sua casa permanecia aberta para facilitar a entrada de seus colegas quando fossem averiguar o fato, e, em seguida veio a cometer suicídio.

O soldado teria esperado que a esposa retornasse da escola para onde fora levar os filhos, matando-a a tiros ainda no interior do veículo. Conforme um áudio recebido pela Redação, o motivo pode estar no inconformismo com a separação.

Outra nota enviada por outro grupo do WhatsApp diz que o soldado matou a esposa e se matou em frente à escola.

Os policiais agiram rápido. Conforme uma imagem recebida pela reportagem (foto), é possível ver um agente tentando reanimá-la no solo, sem sucesso.

Leia também:

Nota de falecimento – Selma Jerônimo