Início / MEDICINA & SAÚDE / ‘Novo Viagra’ faz efeito em apenas cinco minutos; entenda como ele funciona
Um dos medicamentos mais vendidos no mundo, o Viagra, pode ganhar um concorrente que está chamando a atenção do mercado antes mesmo de seu lançamento (Reprodução/Pfizer)

‘Novo Viagra’ faz efeito em apenas cinco minutos; entenda como ele funciona

Do Yahoo Finanças

Um dos medicamentos mais vendidos no mundo, o Viagra, pode ganhar um concorrente que está chamando a atenção do mercado antes mesmo de chegar ao mercado. Lançado há 20 anos, o Viagra, fabricado pela Pfizer, competirá em breve com o lançamento da britânica Futura Medical. Chamado de Exoron, ou MED2002, o produto é um creme capaz de levar à ereção em cinco minutos, bem menos do que o comprimido.

Como funciona?

A fabricante explica que o medicamento funciona mais rapidamente porque, ao contrário do Viagra, que é tomado por via oral e precisa ser absorvido pelo organismo, o creme é aplicado diretamente na região e tem efeito quase imediato.

Testes realizados pela companhia com 232 homens mostraram um resultado positivo para 70% dos participantes nos 10 primeiros minutos de utilização. “A velocidade de início de ação do MED2002 foi rápida, com início de ação em 5 minutos em 44% das tentativas de intercurso e em 10 minutos em quase 70%, oferecendo o potencial para o MED2002 ser o tratamento de ação mais rápida do mundo para disfunção erétil”, detalha a companhia.

“O MED2002 é absorvido pelo sistema sanguíneo do pênis e é convertido em óxido nítrico, que tem o efeito de relaxar os músculos em torno do corpo cavernoso e dilatar as artérias penianas. Isso permite que o corpo cavernoso se inunde com sangue e, após estimulação sexual, ocorre uma ereção natural”, explica a Futura Medical.

A empresa detalha, no entanto, que o medicamento tem um efeito menor do que o dos comprimidos. Enquanto o Viagra pode funcionar por até quatro horas, o Exoron tem duração de apenas 30 minutos.

O medicamento tem previsão de lançamento para 2021 e deve custar 5 libras por aplicação. Pouco mais de R$ 23.

COMENTE ESTA POSTAGEM:

Leia também:

Aos 60 anos, Peruíbe vive um novo tempo. Veja o que está sendo feito na Saúde, por exemplo

COMENTE ESTA POSTAGEM: