Início / POLÍCIA - MP - JUDICIÁRIO / Rottweiler ataca e mata criança de 4 anos no Bichinho, Prados
Joomla extensions, Wordpress plugins
Joomla extensions, Wordpress plugins

Rottweiler ataca e mata criança de 4 anos no Bichinho, Prados

Imagem ilustrativa

Da Redação (Com informações do Portal Prados Online)

Uma criança de apenas 4 anos de idade morreu após ser atacada por um cachorro da raça Rottweiler no Bichinho, tradicional bairro de Prados, MG.

O fato se deu nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira.

Conforme informações preliminares constantes no boletim de ocorrência, o garoto (cujo nome está sendo preservado em respeito aos familiares) brincava no quintal do tio, onde o cachorro estaria preso. O cachorro acabou se soltando, e atacou a criança. Familiares ainda tentaram conter a fúria do animal, e prontamente levaram a criança ao pronto socorro da Santa Casa de Prados, onde ela, infelizmente, acabou não resistindo aos ferimentos.

O corpo da pequena criança foi encaminhado para o IML. O proprietário do cachorro e os pais das crianças deverão se apresentar à autoridade policial para os esclarecimentos necessários.

“Corajoso e calmo”

O cão da raça Rottweiler costuma ser calmo e corajoso, mesmo tendo uma personalidade firme. De boa natureza, destemido, dedicado, alerta, obediente, confiante e seguro de si mesmo, esta raça canina foi desenvolvida na Alemanha para o trabalho com o gado, logo tornando-se um eficiente animal de guarda e boiadeiro, além de ser útil na tração.

Segundo criadores o que aconteceu foi uma fatalidade. “Todo animal, mesmo um cachorro sem raça definida (os chamados ‘vira-latas’), tendem a serem agressivos se criados presos, ou se forem educados para guarda e ataque”, disse um proprietário de cães da mesma raça há décadas.

No Brasil o Rottweiler está no conjunto das raças consideradas “perigosas”, razão porque, quando em passeio em público, deve, por lei, usar focinheira.

COMENTE ESTA POSTAGEM:

Leia também:

Tatuagem ajuda a identificar mulher morta e jogada em matagal em Itariri

De acordo com a Polícia Civil, a vítima é Angélica Bernardes, de 38 anos. Caso …