sexta-feira , 17 novembro 2017
HOME / CULTURA & ARTE / Clarinetista de Cubatão vence ‘Jovens Solistas’ do Festival Eleazar de Carvalho

Clarinetista de Cubatão vence ‘Jovens Solistas’ do Festival Eleazar de Carvalho

Integrante da Banda Sinfônica de Cubatão, Suzane Raquel, que é nascida e criada em Peruíbe, recebeu o prêmio neste domingo (5), na Capital

O primeiro contato de Suzane Raquel com o curso de música foi em Cubatão (Foto: Divulgação)

De A Tribuna

Suzane Raquel começou a estudar música tarde, aos 16 anos de idade. Atualmente com 25, ela é clarinetista da Banda Sinfônica de Cubatão e foi premiada com o 1º lugar no Concurso Jovens Solistas, da Semana Eleazar de Carvalho. A cerimônia de premiação aconteceu neste domingo (5), na Sala São Paulo, na Capital.

Ela competiu com jovens talentos de todo o Brasil. O concurso acontece nas regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste. Além do certificado de primeira colocada, Suzane retorna em 2018 ao festival, na condição de solista, participando de duas apresentações de gala com orquestras convidadas.

Esta é a primeira vez que a musicista participa de um concurso e conta que a experiência está sendo incrível: “O Festival Eleazar de Carvalho é superimportante e bem conceituado no meio musical erudito. Reúne gente de todo o Brasil e a troca de experiências de temos nesses dias de competição é algo insubstituível. Espero que esse prêmio seja um exemplo para outros que, como eu, tem o sonho de viver da música. É uma realidade muito difícil, ainda mais nos dias de hoje”, afirma.

A declaração tem a ver, principalmente, com os alunos do Programa Banda Escola de Cubatão – BEC, onde Suzane dá aulas como monitora. Com uma semana repleta de atividades musicais, Suzane cursa piano na Escola Técnica de Música e Dança de Cubatão e faz Faculdade de Música na Universidade FIAM-FAAM, na Capital: “Passo meus dias entre Cubatão e São Paulo. Durmo na casa de parentes, amigos, é uma correria muito grande.Mas hoje percebo que todo esforço está valendo a pena”.

O maestro Rodrigo Vitta, regente titular da Banda Sinfônica, destaca o esforço de Suzane. “É muito bom ver que nossos artistas continuam conquistando o Brasil, muitas vezes com limitações financeiras. A Suzane é uma prova de que determinação é essencial nessa carreira. Fiquei muito feliz quando tive a notícia que ela conquistou o 1º lugar no Concurso”, disse o maestro.

A história de amor entre Suzane Raquel e a música teve início em Peruíbe, cidade em que ela nasceu e cresceu. Aos 10 anos de idade, teve o primeiro contato com a música em um projeto escolar. “Foram apresentados vários instrumentos musicais, mas eu só me lembrava do clarinete. Acho que essa paixão vem desse tempo…”, comenta. Na época, morava longe do colégio e não teve condições de ingressar no projeto que ensinava música no contraturno escolar.

Somente seis anos depois ela teve a oportunidade de iniciar os estudos na música. Foi quando ingressou na Banda Musical de Peruíbe, porém, novamente, as dificuldades fizeram a jovem paralisar as atividades por mais dois anos. Em 2010, finalmente Suzane se matriculou na Banda Escola de Cubatão.

Joomla extensions, Wordpress plugins

Sobre mrwash

Confira também:

Peruíbe – Projeto “Leitura em Toda Parte” chega na Praça da Matriz

Palestras e apresentações marcam a cultura Hip Hop em Peruíbe, dias 13 e 19 próximos

Peruíbe tem Oficina de Teatro gratuita a partir do dia 10, sexta

Deixe uma resposta