quarta-feira , 19 julho 2017
Home / CULTURA & ARTE / Maestro Joaquim será velado na PIB São Paulo. Sepultamento é amanhã, 25
Joomla extensions, Wordpress plugins

Maestro Joaquim será velado na PIB São Paulo. Sepultamento é amanhã, 25

Da Redação

O corpo maestro Joaquim Paulo do Espírito Santo (foto), que faleceu na data de hoje no Hospital das Clínicas onde estava internado para tratamento de uma série de complicações em sua saúde, será velado no Espaço Alternativo Terturiano, no subsolo da Primeira Igreja Batista de São Paulo (Praça Princesa Isabel, na Capital).

A previsão de chegada do corpo na igreja é para as 23h30 de hoje, sábado, 24.

Dois cultos serão ministrados em razão da ocasião. O primeiro deve acontecer logo pela manhã deste domingo, 25, com início previsto para as 8h30. O segundo acontecerá as 12h40, após o que o cortejo sairá para sepultamento que está marcado para as 14hs, no Cemitério da Vila Formosa (Av. Flor de Vila Formosa, s/n, no bairro de mesmo nome, na zona leste da capital).

Histórico

Considerado uma referência em co-repetição e negro spiritual, o Maestro Joaquim Paulo do Espírito Santo coleciona um conhecimento adquirido durante anos dedicados à música, sendo devidamente reconhecido com diversas premiações e comendas:

Nascido em São Paulo aos 26 de novembro de 1952, Joaquim Paulo do Espírito Santo iniciou sua trajetória artística aos 12 anos de idade. Enfrentou reveses e dificuldades por ser de família humilde – e por ser negro. Mas, resoluto, não mediu esforços para buscar seus objetivos. Assim, não demorou para que seu talento fosse descoberto, e fosse inserido no meio acadêmico da música erudita em São Paulo.

Joaquim Paulo graduou-se em Licenciatura Plena em Música pela Faculdade Paulista de Artes, e frequentou diversos cursos, dentre os quais pode-se destacar o de Interpretação Pianística na University of London (Inglaterra), e Piano Pour Musicque a Chambre na University of Génève, na Suíça.

Estudou ainda com professores e maestros de grande projeção, tais como Peter Feuchtvanger, Nellie Braga, Maria Cursio, Roberto Schnorrenberg, Luiz Roberto Borges, Ricardo Duarte, Luciano Neschling e Eleazar de Carvalho.

Joaquim teve participação efetiva como pianista, professor, maestro de orquestra, regente de coros, orientador, arranjador, em dezenas de escolas, teatros, coros no Brasil, Estados Unidos, Canadá, América Central e África.

No auge da carreira, já como pianista consagrado pela crítica nacional e internacional, foi laureado com vários prêmios como o Prêmio Dr. Jarbas Passarinho, MEC. (1975), a Comenda Euclides da Cunha, Clube dos Estados (1980), a Comenda Sigmund Freud, XX Congresso de Odontologia – Minas Gerais (1990), e, mais recentemente, a Comenda Ordem do Mérito Cultural “Carlos Gomes” – pela Sociedade Brasileira de Artes, Cultura e Ensino (2014).

Apaixonado pela ópera e pesquisador e incentivador do negro spiritual, o maestro Joaquim Paulo do Espírito Santo deixou a comunidade musical erudita e sacra um pouco mais triste hoje, data em que morre para esta vida de peregrino e nasce para a vida eterna, no ano em que completaria 65 anos de idade.

Veja também

Ajuda para Wanderlei de Paula – Rifa da casa é cancelada.

Da Redação A rifa de uma casa que chegou a ser veiculada neste blogue como …

Coral Cantores do ABC faz apresentação em Peruíbe neste domingo, 2

Da Redação O celebrado conjunto coral “Cantores do ABC” (foto) estará se apresentando na cidade, …

1ª Parada do Orgulho LGBT promete agitar Peruíbe domingo próximo, 25

Peruíbe é um dos dez municípios contemplados pela Assessoria de Gêneros e Etnias da Secretaria …

Leave a Reply

TENHO 9 MOTIVOS
TENHO 9 MOTIVOS
Joomla extensions, Wordpress plugins
%d blogueiros gostam disto: