sábado , 21 outubro 2017
HOME / GERAIS / Ana Preto passa a vassoura na prefeitura e bota todo mundo em polvorosa
Logo Walmart

Ana Preto passa a vassoura na prefeitura e bota todo mundo em polvorosa

Da Redação

“Aquele que está de pé, tome cuidado para que não caia!”. Esta predição bíblica nunca foi tão acertada como na tarde do dia de hoje, principalmente entre os comissionados de primeiro e segundo escalão da prefeitura, em boa parte merecidamente conhecidos como “aspones”. Isto porque a prefeita Ana Preto,(foto) como que num surto de eficiência parece ter botado pra correr da prefeitura até mesmo nomes conceituados como o dos secretários de Saúde, Marcos Boteon; Educação, Fátima Fachinni; e Obras, Haroldo Borille.

Ainda não se sabe direito a que se deve esta reforma que, em ano pré-eleitoral tem mais cheiro de reforma política que administrativa. Segundo fontes oficiosas o staff do governo Ana Preto andou viajando nos últimos dias, e esta ação pode ser surgido à beira da piscina de algum resort dentro ou fora do país. Com isso, as bancas de apostas nas esquinas malditas da cidade já estão em estado de efervescência. Uns dizem que os nomes que haverão de ser anunciados nos próximos dias indicarão o rumo dos acertos para as eleições de 2016. E dentre as lideranças apontadas como indicadores destes fechamentos estão os de Gilson Bargieri, de Alex Matos e até da ex-vereadora Maria Onira Betioli Contel, do PT.

Dança

As notícias mais quentes têm apontado para uma movimentação dos caciques políticos de Peruíbe entre os partidos existentes. Há quem aposte que Gilson Bargieri já teria deixado o PSB e estaria com um pé dentro do Partido dos Trabalhadores. A presidente do partido, Damares de Oliveira Santos informa que desconhece qualquer tratativa neste sentido, embora se saiba que este tipo de conversa dificilmente sairia da zona de comando da própria Onira e de seu “grilo falante”, José Márcio dos Santos Cunha. A própria Onira que, com a saída de Fátima Fachinni da Educação, é concorrente forte àquela Secretaria, pode alinhavar sua ida para o PCdoB, partido da vereadora Dra. Laila, mas que está nas mãos do ainda todo-poderoso Paulo Henrique Siqueira – o Paulão, que hoje disputa o comando político da cidade com o atual companheiro da prefeita Ana Preto, Alexkessander Veiga Mingroni.

Se se confirmar mesmo a ida de Gilson Bargieri para o PT e de Onira para o PCdoB, e se nomes de ambos forem vistos assumindo os cargos vacantes nos próximos dias, fica mesmo configurado um acordão bastante antecipado com vistas às eleições do ano vindouro.

As perguntas que não querem calar ficam por conta do buscar saber, por exemplo, qual será o papel do PSB neste embate. Com a eventual saída do “coronel” Gilson Bargieri do partido, o comando natural passaria a ser ou de sua filha, ex-prefeita Milena, ou daquele que até as últimas eleições de deputado era seu fiel escudeiro, o ex-vereador Alex Matos. O indicador de que o PSB pode não estar assim tão alinhado com o governo fica para o fato de que a bancada do partido na Câmara, representada pelos vereadores Nivaldo Vieira Pereira (Bahia), e Adenilson Alves Pereira (Nilsão), ter acompanhado os vereadores da oposição na representação que estes fizeram dia destes contra a prefeita Ana Preto junto ao Ministério Público. A nebulosa aumenta quando se sabe que Alex Matos e Paulo Henrique Siqueira (Paulão) são amigos e têm compromisso firmado de não baterem um no outro.

“Dormindo com o inimigo”

A evidência maior deste entrave todo fica por conta de que parece mesmo que a prefeita Ana Preto tem envidado esforço hercúleo para apagar o chamado “fogo amigo”, ou a fogueira de vaidades que tomou conta de seu primeiro escalão de governo, a ponto tal de ter tido que tomar esta medida sobremaneira drástica. Basta ver que boa parte dos nomes que caíram hoje são de pessoas ligadas a Paulão, o que pode indicar que ele poderia estar perdendo força no governo.

Para um analista local, “perde-se muito tempo para saber quem é que está com quem no governo, que acaba não sobrando tempo para governar”. O timão, que desde a campanha sempre esteve nas mãos de Paulão, agora é dividido em pelo menos dois timoneiros. Durante o dia, quando o vento costuma soprar de noroeste, Paulão iça as velas para que o navio singre a favor do vento; à noite, porém, com o vento de sudoeste, o outro piloto levanta o mastro, recolhe as velas, e prefere deixar o navio à deriva.

Diante de tanto desacordo a medida mais acertada mesmo talvez seja a de se jogar lastro ao mar, a fim que o navio não afunde de vez. Destes, além de Boteon (Saúde), Fachinni (Educação) e Borille (Obras), foram lançados ao mar: César Callado (Defesa Social), Cynthia Meio (Meio Ambiente), Orlando Boca de Rua (Agricultura), Poliana de Paula (Secretaria de Governo), com outros nomes ainda a confirmar.

Para quem foi mandado embora, e para quem está com a corda no pescoço, é mais que verdadeiro agora o aforismo de Machado de Assis: “Para quem tem que pagar na Páscoa, a quaresma é curta!”.

Sobre mrwash

Confira também:

Rifa de casa completa (móveis e eletrodomésticos) – R$ 20

Olá, gente! Em razão de mudança estou promovendo um sorteio com tudo o que tenho …

Rifa Tudo é nova modalidade de negócios da Internet. Conheça

Você já conhece o Rifa Tudo? Não? Então você é convidado a conhecer e participar …

A casa caiu! Não negocie seu imóvel antes de ler este livro!