“Encontrá-lo será meu presente de Natal”, diz mulher que procura filho desde 2011

Silvio está desaparecido desde 2011. Informações sobre seu paradeiro pelos telefones: (11) 4455-9941 e (11) 99292-0492
Silvio está desaparecido desde 2011. Informações sobre seu paradeiro pelos telefones: (11) 4455-9941 e (11) 99292-0492

Do Jornal da Cidade

Tudo teve início no ano de 1995. Com o fim do seu casamento, Silvio Cesar Corraini se afundou em uma depressão e tentou tirar a própria vida. Após essa tentativa frustrada, ele foi internado pelos pais em um centro psiquiátrico em São Bernardo do Campo.

Alguns anos depois, no dia 12 de outubro de 2011, Silvio, que morava em Itanhaém – litoral do estado – foi visitar a mãe em Santo André. A mãe Maria Aparecida Corraini conta que, nesse dia, pediu para o filho ir a sua casa para auxiliá-la no conserto de algumas prateleiras. “Eu, o meu marido e na época a esposa do meu filho combinamos de ir a Itanhaém. No caminho, descendo a serra, recebi uma ligação dele dizendo que me amava muito”, relembra dona Maria, muito emocionada. A mãe revela que o filho ainda sofria com a depressão.

A partir desse dia, Maria Corraini junta forças para encontrar Silvio. “Ele simplesmente desapareceu. Dois meses antes, ele já havia desaparecido, mas o encontramos. Desta vez, a procura já dura quatro anos”, acrescenta, com os olhos lacrimejados.

Com a intuição de mãe e o sentimento de esperança, Maria Aparecida decidiu procurar por mais informações do filho na Delegacia de Peruíbe no começo deste ano. Lá, foi informada de que o filho registrou um boletim de ocorrência por perda de documento pessoal na delegacia de Rio Claro. “Eu já esperava pelo pior, mas aí recebi essa informação da Polícia de Peruíbe. Me informaram que o boletim foi feito em outubro de 2012. No mesmo mês daquele ano ele também teria passado pela UPA aqui de Rio Claro com ferimentos no braço”, diz a senhora. Um levantamento que Maria Corraini fez com a assistente social da rodoviária de Rio Claro também revela que Silvio viajou para Araras naquele ano. Os registros policiais ainda indicaram que o filho desaparecido de Maria passou por outras cidades da região. No município de São Pedro, ele teria dado queixa na delegacia de outro documento pessoal que perdera. Silvio Corraini tem um filho de 25 anos que mora com Maria Aparecida e três netas. Muito emocionada e exibindo todas as fotos de seu filho, dona Maria revela que o melhor presente que poderia receber de Natal seria encontrá-lo. Informações podem ser passadas pelo telefone (11) 99292-0492.

Leia também:

Nota de falecimento – Selma Jerônimo