Os meus quatro netos

Bem, eu tenho quatro netos,
Se não tenho mais algum;
Os quatro são prediletos;
Preferência por nenhum.

É Gustavo o primogênito,
Filho de meu caçulinha;
Educado por congênito,
E querido d’alma minha.

Do mais velho tenho três:
Bia, Leozinho e Gigi;
Todos vindos de uma vez
No coração bem aqui.

De fogo são seus cabelos
Que não requerem chapéu;
Os netos! Quero todos vê-los;
Dentre eles o feliz Leo.

Graça pura nos olhinhos
Da cor da jabuticaba,
É Bia com seu rostinho
De alegria que não acaba.

Por derradeiro Gigi,
Dentre os netos a bebê;
Encanto igual jamais vi,
Nem verá, alguém ou você.

Ei-los aqui apresentados
Como de fato eles são,
Todos bem acomodados
Dentro de meu coração.

São Paulo, 11 de dezembro de 2014
Washington Luiz de Paula

Ouça o áudio aqui.

Leia também:

Nota de falecimento – Selma Jerônimo