Acusado de estuprar a enteada de 4 anos em Peruíbe é preso em Atibaia

Segundo a Polícia Civil, o homem abusava da menina quando a companheira saía para trabalhar. Na época, a vítima tinha 4 anos

Por Gilmar Alves Jr., do Diário do Litoral

Após mais de três anos como foragido da Justiça, o montador A.D.S., de 36 anos, foi preso sob a acusação de abusar sexualmente da própria enteada. A.D.S. foi surpreendido por policiais da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Peruíbe no local onde estava trabalhando, em Atibaia, no Interior de São Paulo.

Os crimes sexuais atribuídos ao montador ocorreram no final de 2010, na casa onde ele morava, no Centro de Peruíbe. A enteada dele, na época, tinha 4 anos.
Segundo a delegada Denise Aparecida Dias, titular da DDM de Peruíbe, provas testemunhais e técnicas, colhidas por meio de exame da vítima no Instituto Médico-Legal (IML), embasaram a acusação contra o montador, que nega os abusos.

Em março de 2011, ele teve a prisão temporária decretada pela Justiça. No mês de junho do ano passado, diante do sumiço do acusado, foi decretada a prisão preventiva dele.

“Intensificamos as diligências e descobrimos que ele tinha parentes em Atibaia. Foram feitas buscas em dezembro do ano passado, mas ele não foi encontrado na cidade”, afirma a delegada  Denise Dias.

Na última sexta-feira, a delegada e sua equipe fizeram diligência em Atibaia e cumpriram o mandado de prisão em uma obra de terraplanagem onde A.D.S. trabalhava.
Além da delegada, participaram das investigações  os policiais Wilton, Rodrigo e Terezinha.

Inquérito

Durante o inquérito, uma vizinha relatou que ouvia a criança chorar muito, como se estivesse sendo machucada. Os estupros foram descobertos por uma tia, enquanto dava banho na menina. A criança contou sobre os abusos e foi constatada a violência sexual por meio de marcas no corpo, que constam no laudo do IML.

Assim que soube do início das investigações, o montador fugiu de Peruíbe.

Leia também:

Nota de falecimento – Selma Jerônimo