Início / CONCURSO PÚBLICO E EMPREGO / Autorizado concurso público para 5 mil vagas na PM/SP
Joomla extensions, Wordpress plugins

Autorizado concurso público para 5 mil vagas na PM/SP

De A Tribuna On-line

O governador Geraldo Alckmin  autorizou a  realização do concurso público que será promovido pela Polícia Militar do Estado de São Paulo (PM-SP) para a carreira de oficial administrativo. Com isto, a Secretaria Estadual de Segurança Pública, que ficará responsável pelo concurso, juntamente com a Secretaria de Gestão, já pode iniciar a elaboração do edital, previsto para ser divulgado até junho.

Para concorrer será necessário possuir apenas Ensino Médio. A remuneração inicial da carreira é de R$ 992, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Com a contratação de oficiais, a PM pretende aumentar a quantidade de policiais na rua, liberando PMs que exercem trabalhos administrativos. Estas atividades eram feitas por contratação de policiais voluntários, em regime temporário. Como este tipo de contrato vem sendo questionado  judicialmente, por ser considerado inconstitucional, a carreira de oficial administrativa foi criada para suprir a demanda.

A organização do concurso será feita pelas Secretarias de Segurança Pública e  Gestão por se tratar de cargo civil, enquanto a corporação cuida dos concursos de cargos de soldados e formação de oficiais.

Como este é o primeiro concurso para o cargo, os critérios de avaliação ainda serão definidos. Mas os interessados podem ter uma base de estudos pelo concurso promovido recentemente pela Polícia Civil para a mesma carreira. A organizadora foi a Fundação Vunesp e a prova objetiva é composta de 80 questões, sendo 40 de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos. Em conhecimentos específicos são 20 de língua portuguesa, cinco de matemática, dez de legislação e cinco de noções de informática. Na parte de conhecimentos gerais, as questões versam sobre Constituição Federal e atualidades.

Soldado

Na última quinta-feira, o governador também permitiu a  realização de concurso público para o preenchimento de 4.600 vagas de soldado da Polícia Militar de São Paulo (PM-SP). Para concorrer é necessário possuir ensino médio completo, idade de 18 a 30 anos,  altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres e carteira de habilitação categorias “B” a “E”. Com a nova autorização, a PM passa a contar com 9.820 vagas autorizadas para concursos, todos com editais  neste semestre.

De acordo com a chefe de seção de planejamento da divisão de seleção e alistamento da corporação, tenente Luciana Bezerra Rodrigues, o edital de soldado está previsto para sair em abril.

A remuneração inicial é de R$ 2.706,10, incluindo salário de R$ 1.091,56 e adicional de insalubridade de R$ 522,98. Após dois anos na segunda classe, os servidores passam para a primeira, com R$ 3.002,06. A cada cinco anos, o soldado primeira classe passa a receber,  respectivamente, R$ 3.126,01, R$ 3.249,97 e R$ 3.373. Após 20 anos, conta com sexta parte no salário, que passa a R$ 4.080, mudando para R$ 4.225,47 após cinco anos. No final da carreira, com 30 anos na PM, o salário é de R$ 4.370,08.

A expectativa é de que o processo de seleção seja o mesmo do último concurso, iniciado em outubro de 2013, composto de provas objetivas,  redação,  condicionamento físico, exames de saúde, avaliação psicológica, investigação social e análise de documentos e títulos.

A prova objetiva contou com 50 questões, sobre língua portuguesa (20), matemática (15) e conhecimentos gerais (15). A redação  ocorreu no mesmo dia, mas somente foi corrigida dos aprovados neste exame.

As contratações dos aprovados ocorrerão em 2015.

COMENTE ESTA POSTAGEM:

Leia também:

Prefeito Luiz Maurício recepciona novos servidores: “Sejam todos bem vindos!”

COMENTE ESTA POSTAGEM: