Campanha para prevenção de HIV e Sífilis termina hoje em Peruíbe

Mais de 600 pessoas já realizaram os testes na Cidade

Divulgação

O Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Peruíbe realiza, até as 14 horas desta sexta-feira (29), um mutirão de testes gratuitos para a detecção de HIV e Sífilis. Pessoas de todas as idades podem realizar o exame, que é gratuito, simples e seguro.

O teste consiste numa coleta de uma ou mais gotas de sangue na ponta do dedo. O resultado é entregue ao paciente em apenas 15 minutos. Em caso positivo, o paciente receberá orientações médicas e será encaminhado para tratamento nas unidades de saúde do Município.

O mutirão teve início na segunda-feira (25) e desde então mais de 600 pessoas participaram dos testes. A ação integra a Campanha “Fique Sabendo”, do Ministério da Saúde, que tem por objetivo orientar a população sobre os riscos da doença e incentivar o diagnóstico precoce de HIV e Sífilis. 

Prevenção

De acordo com os dados do Ministério da Saúde, o Brasil tem 656.701 casos registrados de pessoas infectadas pelo vírus HIV. A detecção precoce é a melhor forma de combater a doença e permitir uma vida normal para os soropositivos.

Já a sífilis é uma doença silenciosa, que se manifesta em estágios: primária, secundária e terciária. Os maiores sintomas ocorrem nas duas primeiras fases, período em que a doença é mais contagiosa. O terceiro estágio pode não apresentar sintoma e, por isso, dá a falsa impressão de cura da doença.

No Brasil, a taxa de incidência é de cerca de 4 casos por 1.000 nascidos vivos e, de acordo com o Ministério da Saúde, do total de casos da forma congênita da doença no Brasil, apenas 16,6% deles são tratados.

Nesse caso, a prevenção também é fundamental para o controle e o tratamento da doença, evitando assim a ocorrência de um estágio mais agudo provocando complicações graves como cegueira, paralisia, doença cerebral e problemas cardíacos, podendo, inclusive, levar à morte.

Prefeitura de Peruíbe
Assessoria de Comunicação 
Acompanhe a Prefeitura no facebook

Leia também:

Nota de falecimento – Selma Jerônimo