Foragido por roubo é assassinado em Campo do Brito

Luiz Claudio de Souza foi atingido com três disparos na cabeça
(Foto: Ilustrativa/ Arquivo Portal Infonet)
Carro do IML foi acionado para transporte do corpo

Do Infonet

No município de Campo do Brito, distante 64km da capital, um homem foi vítima de homicídio na manhã sexta-feira, 23. Luiz Claudio Holmes de Souza, 27, foi atingido na cabeça por três disparos de arma de fogo.

De acordo com testemunhas, dois homens em uma motocicleta de cor vermelha são suspeitos do crime. A delegada do município, Lauana Cavalcante, afirma que Luiz Claudio é proveniente de Salvador (BA), e estava foragido. A ocorrência aconteceu na praça Osvaldo da Cruz, conhecida como pracinha do Ceilão.

“A informação que nós temos é que ele veio da Bahia e respondia pelo crime de roubo em regime semi-aberto. Em uma das saídas, ele não voltou mais. Populares confirmaram que ele estava morando em Itabaiana, trabalhando em uma academia, mas até então não sabemos como ele teria chegado a Campo do Brito nem a quanto tempo estaria aqui. Também não sabemos o endereço dele em Itabaiana”, explica Lauana Cavalcante. Ainda segundo a delegada, populares que testemunharam o crime se mostraram resistentes em fornecer informações.

A delegada relata que a família de Luiz Claudio, residente em Salvador, ficou surpresa ao saber da morte. “Eles estavam muito sensíveis e não quiseram prestar esclarecimentos. Inclusive mudaram de assunto quando eu perguntei se ele [a vítima] estava de fato foragido”, diz.

No momento do crime, Luiz Claudio não portava documentos e segurava uma cédula de R$ 20, o que reforça a tese de um possível acerto de contas como motivação do crime na visão de Lauana. “Pelo fato de ele ter antecedentes criminais e estar foragido, não podemos descartar uma retaliação. Daremos continuidade à investigação para esclarecer essa hipótese”, expõe a delegada.

O corpo de Luiz Claudio Holmes de Souza deu entrada ao Instituto Médico Legal (IML) às 13h10. Familiares da vítima estiveram presentes à Delegacia Plantonista na noite desta sexta-feira para registro de boletim de ocorrência. “A única informação que nós temos é de que ele foi morto a tiros em Campo do Brito, mas não sabemos quem foi nem o motivo”, alega Enéas Franco, tio da vítima.

Leia também:

Nota de falecimento – Selma Jerônimo