Candidata a vereadora é presa no Largo do Cambuci por crime eleitoral

Da Assessoria de Comunicação Social do TRE-SP

A candidata a vereadora pelo Partido Pátria Livre (PPL), Rosângela Zanon, foi presa hoje pela Polícia Militar em flagrante no Largo do Cambuci, região sul da capital, em decorrência de boca de urna. Rosângela estava distribuindo panfletos de propaganda eleitoral em nome do também candidato a vereador pelo partido Sérgio Cruz. Em veículo encontrado perto da candidata, foi apreendida quantidade significativa do material distribuído ilegalmente.

Rosângela foi levada ao 8º DP, onde foi realizado termo circunstanciado em decorrência do crime eleitoral, tendo sido a candidata liberada em seguida. A punição para o delito é de detenção de 6 meses a 1 ano e multa que pode variar de R$ 5.320,50 a R$ 15.961,50. A legislação prevê que a pena privativa de liberdade pode ser substituída por prestação de serviços à comunidade pelo mesmo período.

O advogado da candidata, José Carlos da Silva Brito, afirma que sua cliente não estava fazendo boca de urna.

Leia também:

Nota de falecimento – Selma Jerônimo