Dr. Alberto ainda tem apreço de 30% do eleitorado de Peruíbe

Da Redação

Ex-prefeito de Peruíbe no período de 1997 a 2000, o cirurgião-dentista Dr. Alberto Sanches Gomes talvez tenha sido o único dos profissionais de Saúde de Peruíbe que mostrou ser possível passar incólume pelo Departamento de Saúde e ainda, de quebra, ganhar uma eleição para prefeito. O feito não surpreende de todo: ele vem de família de políticos lá na pequena Flora Rica, no interior de São Paulo, onde seu pai foi prefeito.

Da família e de sua cidade de origem, Dr. Alberto trouxe a seriedade, a capacidade e uma obstinação sentida não só enquanto foi diretor de Saúde durante o Governo Mário Omuro (1989-1992), mas também depois, quando se elegeu prefeito numa tumultuada eleição (1996) em que concorreu com o próprio Mário Omuro (PMDB), e com nomes já bastante fortes à época como os de Gilson Bargieri (PSB), José Carlos Rúbia de Barros (PTB), Alba Valéria Vieira de Farias (PPB), e até com o atual suplente de Senador, Carlos Ramiro de Castro, o Carlão, (ex-marido da vereadora Onira) que naquele ano foi candidato a prefeito pelo PT.

Para terem uma ideia do desafio e da “teimosia” de Alberto Sanches Gomes, o então governador Mário Covas, de seu partido, o PSDB, chegou a mandar interlocutores tentando demovê-lo a desistir do pleito em favor de um apoio a Mário Omuro, que era o pupilo dos olhos do governador. No comício de encerramento da campanha, em frente à “Praça Redonda”, no centro, os candidatos subiram na caçamba de uma camionete e discursaram para um público de 15, no máximo 20 pessoas. E, mesmo contrariando todas as pesquisas e vontades, Dr. Alberto venceria aquela eleição com 5.650 votos, ou 29,34% dos votos válidos.

Passados 11 anos desde quando deixou a prefeitura, o que Dr. Alberto – e toda a população viu – foi uma decadência total na Saúde em Peruíbe. Passou Gilson Bargieri (2001-2004), passou José Roberto Preto (2005-2007), passou Julieta Omuro (2008), e agora passa Milena Bargieri (2009-2012), e a Saúde nunca mais se acertou. Porém Dr. Alberto teima em continuar dizendo que já pendurou as chuteiras, e que não é mais candidato a nada.

Este, no entanto, é um assunto que merece ser repensado pelo ex-prefeito. Pelo menos é o que indica a enquete “Eleições 2012 (Peruíbe/SP): Pensando em Alberto Sanches Gomes (Dr. Alberto), ex-prefeito, você” (veja e vote aqui) que este blogue tem publicada e recebendo votos desde 21 de agosto último.

Dr. Alberto, que se elegeu prefeito com 29,34% dos votos em 1996, hoje tem a preferência de 28,11% dos votantes na enquete para prefeito. Outros 30,77% acham que ele seria um bom vice-prefeito, enquanto 7,69% disseram que votariam nele para vereador. Com o menor índice de rejeição dentre os nomes apontados nas 81 enquetes, somente 33,33% dizem não votar nele para cargo algum.

Como temos dito, se os números não mentem, parece que a população de Peruíbe sente falta da rigidez com que Dr. Alberto governou a cidade. Um leitor deste blogue fez o seguinte comentário no Facebook: “Saudades de Dr. Alberto; no tempo dele a Saúde funcionava”.

Este enquete recebeu 75 visitas de leitores, dos quais 39 resolveram deixar seu voto, representando 52% de aproveitamento. Você pode deixar seu voto nesta pesquisa até o dia 25 de dezembro (veja e vote aqui).

As pesquisas publicadas no meu blogue são feitas a partir de parceria com o portal Enquetes, e não têm valor científico.

Leia também:

Nota de falecimento – Selma Jerônimo