Início / GERAIS / Casal que desapareceu em cânion não reconhece que se perdeu na mata

Casal que desapareceu em cânion não reconhece que se perdeu na mata

Klaus Müller e Márcia Lins Müller faziam trilha entre Cambará do Sul e Praia Grande (SC)

Da Redação do Diário de Canoas
Cambará do SulApós serem encontrados na manhã desta sexta-feira, o casal que estava desaparecido desde segunda no Parque Nacional dos Aparados da Serra, não admitiu que havia se perdido na mata. Klaus Müller, 35 anos e Márcia Lins Müller, 33, foram localizados por quatro bombeiros por volta das 7h30 desta sexta. As buscas que haviam sido encerradas às 20 horas de quinta, foram retomadas nesta manhã às 6 horas. Os dois pretendiam fazer a travessia do cânion do Itaimbezinho entre Cambará do Sul e Praia Grande (SC) em dois dias, quando teriam sido surpreendidos pelo mau tempo, o que ocasionou o aumento do nível do Rio do Boi. “Não estávamos perdidos. Quando o tempo piorou, começamos a caminhar mais devagar. A previsão do tempo indicava tempo bom até quinta-feira”, disse Márcia.
O casal apresentava quadro de hipotermia e estava com pouca alimentação. Para fazer a trilha no cânion do Itaimbezinho, os dois se alimentavam de sanduíches e massa instantânea. Nenhum deles havia levado barraca. Klaus era quem estava com a saúde mais debilitada.
O casal foi encaminhado ao posto de saúde de Praia Grande, onde foram medicados e logo em seguida, liberados.
COMENTE ESTA POSTAGEM:

Leia também:

Terceira edição da live do prefeito Luiz Maurício, no Facebook, tem Secretário de Turismo, Esporte e Cultura como destaque

COMENTE ESTA POSTAGEM: